10 estratégias de marketing para fazê-la consumir mais

10 estratégias de marketing para fazê-la consumir mais

Diversas são as estratégias de marketing utilizadas para atrair a consumidora. Cores, aromas e sons são alguns dos fatores que influenciam a sua percepção, despertando sentimentos e desejos.

Hoje, cada vez mais busca-se oferecer uma experiência única aos consumidores por meio da compreensão das suas necessidades. No Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, trazemos uma lista com alguns mecanismos que a fazem querer comprar mais do que planejava – e sem perceber. Conheça essas estratégias e fuja das compras por impulso.

1) Cheiros

O consumo está fortemente ligado às sensações pessoais. E uma das formas de despertar esses sentimentos é pelo cheiro. Sendo assim, diversos estabelecimentos usam o aroma como forma de fazer a consumidora comprar mais.

Em muitos supermercados, por exemplo, a padaria fica localizada logo no início da loja, para que o cheiro dos produtos recém-saídos do forno possam ser sentidos por quem entra. Outro exemplo são as marcas que têm aromas tão particulares em suas lojas que esses ficam associados à própria empresa. Isso ocorre, por exemplo, com algumas redes de fast-food, cosméticos e roupas íntimas.

2) Disposição estratégica

Chamar a atenção da consumidora é o que toda marca quer. Por isso, a disposição dos produtos nas lojas é pensada para direcionar o olhar das pessoas a determinados itens e fazê-las comprarem mais.

Em supermercados, por exemplo, produtos mais caros costumam ser colocados estrategicamente nas prateleiras que ficam na altura dos olhos. Da mesma maneira, produtos que chamam mais atenção de crianças são colocados nas prateleiras inferiores. As marcas tendem a disputar bastante o lado direito, logo após a entrada do estabelecimento. Pesquisas apontam que nós temos uma tendência a virar à direita quando entramos em algum lugar.

3) Nostalgia

Martin Lindstrom, em seu livro “Brandwashed, o lado oculto do marketing”, aponta diversas estratégias utilizadas pelas marcas para seduzir o consumidor. Uma delas é a nostalgia.

O autor explica que lembranças do passado tendem a parecer melhores e mais prazerosas do que realmente foram. A nostalgia, portanto, é uma ferramenta importante para aumentar nossa vontade de consumir determinados produtos. Músicas, filmes e roupas de outra época são frequentemente utilizadas em propagandas para mexer com as emoções de quem viveu aquele tempo. Embalagens retrôs e alimentos “da avó” seguem a mesma lógica.

4) Opinião coletiva

Lindstrom também explica que sentir-se diferente ou deslocado costuma provocar um grande desconforto às pessoas. Sabendo da influência da opinião coletiva sobre nossas escolhas de compra, o marketing também utiliza esse medo para fazer a consumidora comprar mais. O seu sentimento de que precisa comprar um sapato que está na moda ou trocar de celular, por exemplo, pode ser consequência dessa necessidade de fazer parte do grupo.

estrategias_marketing_interna

5) Cores

As cores impactam – e muito – nossa percepção do mundo e o seu uso é pensado tanto na idealização dos produtos, quanto dos estabelecimentos. Itens de higiene pessoal, por exemplo, trabalham muito com tons de azul e verde, que passam a sensação de higiene e frescor. Já grandes redes de fast-food optam por cores fortes e “apetitosas”, como o vermelho. Tudo isso é usado como forma de criar uma identificação dos consumidores com a marca e aumentar a vontade de ter aquele produto.

6) Produtos em volta do caixa

Enquanto esperamos na fila do caixa, podemos observar que vários salgadinhos, chocolates e balas ficam dispostas ao nosso redor. Isso, certamente, não é feito por acaso e serve para despertar o desejo pelas guloseimas.

Leitura complementar

e-Book do Finanças Femininas: “Cuide melhor do seu dinheiro”

e-Book do Finanças Femininas: “Cuide melhor do seu dinheiro”

Ver mais

7) O medo

Lindstrom coloca também que o uso do medo constitui um poderoso instrumento de convencimento. E alerta: os anunciantes não hesitam em explorar esse recurso.

Medo de germes, por exemplo, é usado para vender produtos de limpeza e sabonetes. Medo de não se encaixar em um padrão estético é usado para vender matrículas de academia e produtos de beleza. Medo de que algo ruim ocorra com pessoas que amamos é usado para vender produtos de segurança. O autor aponta ainda que essas estratégias são mais utilizadas com o público feminino.

8) A esperança em frasquinho

Vivemos um momento em que muito se fala sobre saúde e qualidade de vida. Nesse sentido, Lindstrom fala do papel da “esperança” como forma de persuasão. Para ele, profissionais de marketing e anunciantes apostam nessa estratégia para estimular o consumo de determinados produtos. Trabalhando as emoções e associações feitas pelas pessoas, cada dia o mercado oferece um novo produto milagroso que promete melhorar a saúde.

9) Frases alarmistas

O uso de frases de efeito é outra estratégia muito utilizada nas vendas. Expressões como: “só hoje”, “oferta do dia” e “até acabarem os estoques” servem para ativar nas pessoas o medo de perder aquela oportunidade e deixá-las mais propensas a levar o produto para casa naquele momento.

10) Trilha sonora

Assim como ocorre com as cores e aromas, os sons também são pensados para deixar as pessoas mais confortáveis e felizes no interior da loja. Satisfeita com os estímulos auditivos, é mais provável que você passe mais tempo no local e, consequentemente, consuma mais.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close