10 segredos de finanças para pais de primeira viagem

10 segredos de finanças para pais de primeira viagem

O primeiro filho está a caminho e surgem diversas incertezas. As mais naturais são aquelas sobre nossa capacidade de educar esse novo serzinho que vem por aí e como lidar com as diversas situações que provavelmente passaremos ao longo da vida ao longo com eles. Uma delas é o medo de nosso bebê se tornar um adulto imaturo e sem limites. Quer presente melhor do que dar a seus filhos uma boa educação financeira, para se tornarem pessoas responsáveis e tranquilas no futuro? Para isso, é preciso ensinar algumas coisinhas que começam na administração do próprio dinheiro.

Veja quais são as 10 principais atitudes:

– Exemplo: Por muito tempo – ou talvez a vida toda – os pais serão a grande referência da vida dos filhos. Então reveja suas atitudes financeira e, se necessário, mude! Crianças, adolescentes e adultos consumistas são reflexo dos pais. Pense nisso…

– Poupança: Mesmo antes de ele saber mexer com dinheiro, é bom você e seu marido prepararem o futuro da criança. Juntem um dinheiro e apliquem de alguma forma para que ele fique rendendo nos próximos anos para os seus filhos. Uma alternativa pode ser um plano de previdência, mas existem várias boas opções no mercado financeiro para investimentos de longo prazo com baixo risco. Pesquise e parta para esse investimento a longo prazo. É um presentão!

– Conversa: O assunto dinheiro costuma ser um tabu entre as famílias. Por mais que não se sinta à vontade para falar sobre essa questão, compartilhe seus pensamentos e explique qual é a relação com dinheiro para seu filho. Não há mal nenhum e você consegue assim passar os seus valores para ele.

– Sinceridade: Crianças são questionadoras, espere por isso. Mesmo nas perguntas embaraçosas há uma saída: a verdade. Perguntou quanto é o seu salário? Uma saída pode ser dizer um número que seja elevado na cabeça dele, mas que represente só uma parte da verdade. A questão aqui não é não dizer a verdade, mas sim não passar a imagem para eles de que com o seu salário, você pode tudo. Crianças levam um bom tempo para compreender ordens de grandeza. Por isso, evite confundí-las mais ainda.

– Reflexo: Quando virem, ouvirem ou lerem uma propaganda, ensine-os a questionar a real necessidade do item que está sendo divulgado. Querer tudo é normal, mas ajude o seu filho a se tornar uma pessoa que possui espírito crítico e não age só por impulso. Esteja aberta a ouvir todos os pensamentos do pequeno. Em seguida, pense junto dele e tire dúvidas.

– Valor: Perto dos dois anos e meio, a criança já entende o que é dinheiro e o poder de compra. Para saber quando isso acontece, é só esperar a hora em que ela começa a pedir coisas. Este é um momento delicado da sua relação. Deixe claro quais são seus valores e explique como consegue o dinheiro do mês. Dê exemplos próximos a ele. É um trabalho para ser feito aos poucos, mas que trará grandes resultados no futuro.

– Lista: Ensine o seu filho a anotar tudo que compra e paga. Logo quando estiver alfabetizado, ensine-o a criar uma lista simples. Exemplifique com a sua própria lista e diga qual é o benefício de saber o destino do dinheiro.

– Poupança: Desde cedo é importante falar para seu pequeno a importância de economizar, saber adiar prazeres e priorizar escolhas. Explique como conseguirá poupar e quais são os benefícios de poupar todo mês. Mostre o poder de compra e que isso é bom para a vida toda.

– Eventos: Tenha datas especiais ao longo da vida. Presentes não devem ser dados toda hora, porque perdem o significado. Todo ano tem datas especiais, então aproveite essas para celebrar com suas crianças. Mas isso não quer dizer que não pode dar nada fora do Natal, aniversário e dia da criança. Você pode criar datas significativas ou celebrar conquistas baseadas em esforço para dar algo especial e ensiná-las a esperar.

– Sonho: Para saber o que dar e incentivá-los a administrar bem o dinheiro, nada melhor do que sonhar. Conversem sobre o tema e tenha na ponta da língua as vontades da criança e estude uma forma com ele para realizar o desejo.

Tem alguma dúvida? Conte pra gente!

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close