3 maneiras de cortar os gastos para morar sozinha

3 maneiras de cortar os gastos para morar sozinha

Quem mora sozinha há pouco tempo experimenta uma maravilhosa sensação de liberdade e independência, além de uma certa dose de empolgação, é claro! O problema começa a acontecer quando damos espaço demais para essa euforia e nos descontrolamos com as contas.

Apesar de ser maravilhoso poder morar sozinha, custear uma casa/apartamento por si só não é tarefa fácil, principalmente para quem está fazendo isso pela primeira vez! Como o bolso provavelmente ficará mais apertado no começo, vamos dar algumas dicas de como segurar seu dinheiro e ser mais ponderada com essa nova realidade.

Monte sua casa aos poucos

O ideal seria se pudéssemos logo de cara deixar o nosso cantinho tão lindo quanto as fotos nas revistas de decoração, não é verdade? Infelizmente nem todo mundo tem condições de fazer isso logo de cara, mas não se preocupe! Tudo tem sua hora, sua casa ficará do jeitinho que você quer, mas dá para ir arrumando tudo aos poucos e com planejamento.

Priorize as necessidades básicas: cama, armário, geladeira, fogão, máquina de lavar roupa, microondas, enfim, os aparelhos e móveis que serão indispensáveis no dia a dia. Quadros, enfeites, móveis maiores, etc, podem vir à medida que sua situação financeira estiver mais aliviada. Vale também avaliar o seu contexto, se você estiver financiando o lugar em que mora, poderá fazer as compras pensando a longo prazo. Caso você more de aluguel mas tenha planos de comprar um imóvel, vale a pena ser mais cautelosa na hora de definir suas compras, pois você pode acontecer de você precisar se desfazer de algumas coisas quando for se mudar por questões de espaço.

monte a casa aos poucos

Economize com custos variáveis

Leva um tempo até que você consiga ajustar o orçamento com as contas fixas a pagar. Sem contar que o ideal é que você tenha uma reserva de emergência, caso surja algum imprevisto, como a necessidade de consertar um encanamento ou um defeito na fiação elétrica.

Pensando nisso, procure economizar com despesas variáveis, como a faxina. Contar com os serviços de uma faxineira periodicamente é ótimo, mas pesa no bolso. Deixe para fazer isso quando estiver mais aliviada com suas finanças. Morando sozinha provavelmente o imóvel não é tão grande e você é capaz de “controlar” a quantidade de bagunça que faz. Adote alguns hábitos para manter a organização da casa por mais tempo (lavar louça sempre que sujar, secar o corpo dentro do box para não molhar o banheiro, não deixar roupa espalhada pela casa, etc) e separe uns dois dias por mês para fazer uma faxina caprichada.

economize com custos variáveis

Reduza os gastos com alimentação

Tem a vida muito agitada e come mais na rua do que em casa? É hora de mudar esses hábitos. Quando for montar sua lista de supermercado, monte previamente um cardápio para a semana e faça sanduíches frios para levar ao trabalho, assim você economiza com o lanche. Se puder, faça o mesmo com o seu almoço.

A sugestão dos sanduíches é uma boa porque eles são fáceis de fazer e você pode monta-los de forma que fique bem nutritivos. Assim você se alimenta bem e gasta pouco! Frutas e biscoitos também são ótimos para entrar na lista de compras.

gaste menos com alimentação

Com ponderação você aos poucos vai ajustando seus novos gastos com o tanto que ganha por mês. Já passou por situações complicadas financeiramente morando sozinha? Divida conosco a sua experiência!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close