3 passos para fortalecer sua imagem pessoal na busca de um novo emprego

3 passos para fortalecer sua imagem pessoal na busca de um novo emprego

Com o desemprego crescendo e o país em crise econômica, a responsabilidade para criar uma imagem positiva em uma entrevista de trabalho torna-se ainda maior. Mas além da preparação de seu currículo, o que você faz para zelar pela sua imagem profissional?

Você já parou para pensar na diferença que seu currículo pode fazer se vier acompanhado de uma carta de recomendação ou mesmo o impacto que você pode causar se suas redes sociais, por exemplo, forem um diferencial aos olhos da empresa?

O professor da IBE-FGV e especialista em RH, Marketing e Liderança, Júlio César Nogueira de Sá, ressalta a necessidade de investir no marketing pessoal se você quer encontrar meios de desenvolver a carreira. “Em empresas em que você tem um contato direto com o fundador, ou mesmo naquelas profissões em que você acaba tendo um contato mais direto na rotina dos empregadores, a carta de apresentação é fundamental”, reforça.

Mais do que uma forma de validar o que você está destacando no currículo, a carta de apresentação é um instrumento para reforçar sua credibilidade e passar confiança a quem for te empregar.

RHs de grandes empresas

Em grandes companhias, que costumam ter processos seletivos bem dinâmicos, o especialista reforça que nem sempre será a carta de apresentação que fará a maior diferença, mas a forma como a pessoa administra as redes sociais pode ser crucial. “Os recrutadores costumam analisar as redes sociais dos candidatos e o teor do conteúdo que eles postam. Se a pessoa reclama toda segunda-feira que não gosta de acordar cedo ou mensagens que dão a entender que ela não gosta de trabalho em grupo, de nada vai adiantar dizer o contrário em uma entrevista. Isso ai já deixa uma impressão ruim e pode ser prejudicial no processo seletivo”, relembra.

Além disso, ele ressaltou ainda a importância de manter a coerência entre diferentes perfis em redes sociais. “Não adianta a pessoa fazer um LinkedIn bonito e deixar o facebook todo esculhambado. Nem dizer em uma entrevista que é tolerante e postar conteúdo preconceituoso. Nossas redes sociais são o nosso RP, é preciso ter um cuidado com que colocamos ali”, reafirma. Ele lembra ainda que não são raros os casos em que uma empresa contrata alguém com base na boa impressão que tem com o currículo, imaginando que terá ali alguém com bagagem para um cargo de liderança futuramente, mas acabam decepcionando-se ao longo do tempo porque o currículo mostra algo que a pessoa não é de fato.

entrevista-de-emprego

Rede de relacionamentos

Além do cuidado com a própria imagem, a única forma de criar boas referências é cultivando bons relacionamentos. Muita gente cai na armadilha de sentir-se segura depois de galgar certo espaço em uma companhia e cai no comodismo de achar que aquela posição será permanente. Chegar a este ponto sem ter o devido respeito e consideração com os demais, sejam colegas de trabalho ou fornecedores, é um tiro no pé. “Pessoas que tratam mal os subordinados e fornecedores são as que mais têm dificuldade em encontrar alguma coisa quando se lançam ao mercado. Sem a sabedoria de cultivar bons relacionamentos, ela simplesmente não terá o perfil adequado”, finaliza.

Se você está em busca de um emprego e quer cuidar de sua imagem pessoal, olhe não só para si mesma, mas também para as impressões que causa e as relações que cria. Entre em contato com colegas que conviveram contigo no passado e conhecem o seu potencial e suas habilidades, cuide de sua rede de relacionamento. Se é você é positiva com as pessoas, isso também lhe fará bem. Fortaleça sua imagem pessoal e seu futuro profissional agradecerá!

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close