4 formas de economizar em festas para crianças

4 formas de economizar em festas para crianças

Quem é mãe sabe que organizar festinhas infantis costuma dar um trabalhão! Para agradar os pequenos, muitas vezes passamos da conta nos gastos para deixar a decoração impecável, os docinhos e salgadinhos mais gostosos, os animadores mais bacanas, sem esquecer da lista de presentes que as crianças fazem!

A grande frustração, no entanto, chega um dia após a festa, quando você coloca na ponta do lápis o quanto gastou para organizar tudo isso. A empolgação com uma infinidade de brinquedos caros também pode desaparecer com questão de dias. E ai fica a pergunta: será que essa é realmente a melhor maneira de agradar os filhos?

Este é um bom momento não somente para pensar em alternativas mais baratas para fazer a comemoração, mas também de refletir sobre os valores que você deseja repassar a seus filhos. Muitas vezes já falamos sobre formas de repensar o consumismo. Repassar valores que proponham uma visão crítica sobre esse constante estímulo que recebemos para “ter” tudo ao nosso redor é fundamental nesta fase, principalmente por ser o momento em que os pequenos estão construindo a perspectiva de mundo.

O mais importante é que você consiga dar a seus filhos um dia memorável, cheio de alegria e diversão. E para isso não necessariamente é preciso fazer um enorme investimento em dinheiro. As meninas do Go Girl Finance trouxeram uma experiência rica que gostaríamos de compartilhar com vocês, vejam abaixo algumas sugestões interessantes.

Diálogo sobre os presentes

Você pode esperar: certamente vai receber uma lista cheia de presentes. A boneca que acabou de ser lançada, o boneco do desenho animado preferido, um jogo novo de computador, etc…E a cada ano que você se desdobra para atender cada vez mais esses pedidos, a lista tende a crescer. Isso porque a criança não associa o que pretende ganhar com o quanto é preciso gastar para ter aquilo. Ou seja, na cabeça dela, se tudo que ela pede é atendido, isso significa que há espaço para pedir sempre mais.

Seja firme quanto a este assunto e mostre para a criança que ela não poderá ter tudo que deseja. Você pode atender a um dos pedidos, mas mostre a ela que não é necessário ter todos os brinquedos que gosta. Afinal, nós bem sabemos que depois de um tempo eles ficam encostados em uma caixa e deixam de ser usados. Mimar a criança atendendo a tudo que ela quer é mostrar que o mundo não precisa de limites, que é só desejar, pedir e insistir que as coisas acontecem. Todas nós sabemos que não é dessa forma que acontece, ou seja, encarar a vida com este tipo de visão só vai dificultar os passos quando ela partir para adolescência e vida adulta.

como fazer uma festa infantil

Nova dinâmica na festa

Ganhar coisas novas é muito bom, mas fazer o bem ao outro é igualmente maravilhoso. Mostre a seus filhos a importância de praticar a caridade tornando essa experiência real. Aos convidados da festa, proponha levarem roupas ou brinquedos para doação a crianças carentes em vez de presentes caros para seus filhos. Ao final da festa, vá com ele a uma instituição de caridade para levar tudo que arrecadaram. Valorize este momento e tenha a certeza de que ele perceba como é gostoso proporcionar aos outros a mesma alegria que foi proporcionada a ele com toda a comemoração do aniversário.

Faça uma revisão

No mesmo espírito de compartilhar as coisas em vez de somente preocupar-se em receber, antes do aniversário oriente seus filhos a separarem os brinquedos e roupas que eles não usam mais. Mostre a eles que já que eles querem ganhar algo novo, é importante fazer o mesmo para quem não tem condições de comprar. É importante que você tenha a sutileza de mostrar isso de uma maneira que ele não considere essa atitude como uma troca, como se ele tivesse que esperar algo em troca por fazer o bem alguém. Mostre a ele a importância do desapego aos bens materiais, que se o brinquedo ou a roupa estão sem uso, eles podem ajudar outras crianças.

Envolva os familiares

Os parentes sempre gostam de agradar as crianças, principalmente os avós, que sentem-se como pais novamente. Sempre que eles quiserem fazer algo positivo para as crianças, incentive-os a valorizar mais os bons momentos do que os presentes. Passar um dia gostoso no parque, fazer um piquenique, ir ao cinema em família, tudo isso pode ser bem mais prazeroso que um presente.

 

 

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close