Mulheres de sucesso mostram como alcançaram a riqueza

Mulheres de sucesso mostram como alcançaram a riqueza

Quando você vê uma mulher milionária na capa de uma revista te dá vontade de estar ali, não é verdade? Ainda que tenhamos outras prioridades, muita gente tem esse sonho glamouroso de ter uma vida confortável e cheia de luxo. O que muita gente não vê é que nem todo mundo nasceu em berço de ouro para conseguir melhorar o padrão de vida.

Determinação, boas ideias, oportunidades de ouro no caminho, enfim, uma série de fatores definem o sucesso de mulheres que já viram o outro lado da moeda antes de alcançarem a riqueza.

Mara Viana dos Santos – visão de empreendedora

As dificuldades que já enfrentou na vida ensinaram a Mara a lidar com o dinheiro com responsabilidade. Em entrevista ao jornal carioca Extra, é este o motivo a que ela atribui as conquistas que já teve até agora. Para quem não se lembra, Mara foi ganhadora da sexta edição do reality show Big Brother Brasil. A auxiliar de enfermagem tornou-se empresária depois de faturar R$ 1 milhão, no programa, no qual entrou por meio de sorteio. Com a grana, ela pagou o tratamento da filha – que tinha uma lesão cerebral – comprou uma casa em Porto Seguro, no Sul da Bahia, e abriu uma pequena pousada.

O empreendimento deu certo e, com o capital de giro, ela expandiu o número de quartos. Mara também teve boa visão como empresária quando resolveu erguer uma escola particular infantil no terreno em que morava, com mensalidades acessíveis. Ao jornal, ela conta que hoje consegue viver com o mesmo padrão de vida que tinha quando ganhou o programa, mas que trabalha duro para manter isso.

Mara_bbb_6

Gisele Bündchen – persistência

Quem vê a top model mais famosa da história desfilar lindamente e exibir um carismático sorriso ao posar para fotos não imagina que ela já escutou a palavra “não” muitas vezes na vida. Natural de Horizontina, cidade com 19 mil habitantes no interior do Rio Grande do Sul, ela foi descoberta por um olheiro aos 14 anos, enquanto comia um big mac no MC Donalds. Em evento para incentivar garotas de favelas cariocas a tentarem a carreira como modelo, ela falou de uma série de negativas que já recebeu. Contou inclusive que chegou a passar por 42 castings em Londres e não conseguiu nenhum. No 43º, conheceu Alexander McQueen e viu que aquela seria a oportunidade de sua vida.

Ela passou pelo desafio de desfilar para ele com um salto gigantesco, mesmo sem ter ainda muita habilidade com a passarela. O foco e a determinação para superar os “nãos” fez com que ela já figurasse no livro dos recordes como a modelo mais paga do mundo. O patrimônio estimado dela é de US$ 180 milhões.

gisele_bundchen:360b : Shutterstock.com

Dani Johnson – visão de oportunidade 

Ela passou de sem-teto a milionária em apenas dois anos. A empresária Dani Johnson teve uma infância e adolescência conturbadas, envolveu-se com drogas, foi vítima de violência sexual, foi mãe aos 17 anos e tornou-se sem teto. A luz para essa trajetória difícil veio quando ela encontrou uma caixa de um produto para emagrecer em cima de seu carro, o qual usava para dormir. Na época, ela trabalhava como garçonete e tinha uma dívida de US$ 37 mil para pagar.

Ela fez uma negociação com a empresa para que pudesse ter um telefone no qual os clientes pudessem encontra-la e buscar os produtos. Além disso, distribuiu muitos flyers e logo no primeiro mês arrecadou US$ 4 mil em vendas. No primeiro ano de vendas ela faturou US$ 250 mil e no segundo ano já tinha tornado-se milionária. Ela chegou a montar 18 centros de emagrecimento nos Estados Unidos e depois decidiu vendê-los. Atualmente ela dá palestras e ensina outras pessoas a multiplicarem o dinheiro.Dani_Johnson

Sara Blakely – visão de mercado

Com apenas US$ 5 mil para começar a investir e uma ideia que surgiu da forma mais espontânea do mundo, ela hoje é dona da Spanx, empresa de lingeries modeladoras avaliada em mais de US$ 1 bilhão. Em entrevista à Istoé Dinheiro, ela conta que cortou uma meia calça enquanto se arrumava para sair e percebeu que a meia fazia a cintura dela parecer mais fina. A partir daí começou a desenvolver a ideia de uma lingerie modeladora.

O caminho para obter sucesso foi árduo e ela precisou dedicar muito tempo de sua vida pesquisando produtos no mercado, materiais que pudessem dar bons resultados e levar muitos “nãos” de investidores até encontrar alguém que acreditasse na ideia. Hoje sua marca é recomendada por grandes estrelas como Beyoncé, Oprah Winfrey e Gwyneth Paltrow. A rede Spanx hoje tem 125 funcionários, sendo 109 mulheres. A empresa de Sara tem um faturamento anual estimado em US$ 250 milhões.

sara_blakely

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close