5 atividades para fazer enquanto está procurando um emprego

5 atividades para fazer enquanto está procurando um emprego

Se você foi diretamente afetado pela crise econômica e perdeu o emprego, sabe que não está fácil garantir uma recolocação. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), hoje são 9 milhões de pessoas na busca diária por um emprego.

O mercado está disputado e é preciso destacar-se entre tantos outros profissionais, também qualificados, para conseguir acesso às poucas vagas oferecidas.

Você também vai gostar de:
6 dicas para organizar suas finanças em caso de desemprego
6 dicas para driblar a inflação no dia a dia
3 equívocos que podem atrapalhar sua carreira

Como se a tarefa de procurar um novo emprego diariamente já não fosse complicada, a ansiedade para receber o tão esperado telefonema com a notícia da admissão pode dificultar ainda mais o seu dia a dia.

Por mais que a situação seja complicada, é possível atravessar esse período de desemprego tirando da  mente a cobrança constante para conseguir um novo trabalho. Isso sem deixar de trabalhar o  perfil profissional, mandar currículos e enriquecer  o portfólio. Confira estas sugestões do que fazer enquanto está procurando um emprego e comece já.

1. Monte ou atualize seu portfólio

Já que você vai passar um tempo enviando currículos, aproveite para reunir os melhores trabalhos e monte um portfólio.

De preferência, disponibilize o conteúdo online para conseguir enviar sempre que precisar. Procure por blogs ou sites gratuitos para disponibilizar o conteúdo. As plataformas gratuitas do WordPress, About.me e do Wix possuem até alguns layouts específicos para a criação de portfólios.

2. Aproveite o tempo livre para estudar

É sempre importante se manter atualizada em sua área de atuação. Aproveite o tempo livre para descobrir novos métodos, estudos e práticas e ficar ainda mais preparada ao voltar para o mercado de trabalho.

Vale lembrar, no entanto, que em tempos de inflação os preços da educação também estão em alta. De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do IBGE, os preços de escolas, cursos e outras atividades educacionais fecharam 2015 com alta de 9,25% na comparação com o ano anterior. Sendo assim, a adesão de mensalidades, sem uma renda mensal fixa, deve ser muito pensada.

Para não acabar endividando-se, procure cursos livres e palestras gratuitas oferecidas, principalmente, por universidades. Em sites como Portal Educação, Khan Academy, Coursera e Udemy, você também encontra bons cursos online e gratuitos.

procurando-emprego

Continue a ler a matéria na próxima página!

3. Faça trabalho voluntário

Vai ser bom para quem precisa, para o seu perfil profissional, dará um peso no currículo e também no portfólio.

Procure por anúncios de ONGs e instituições que  precisam de uma profissional como você e trabalhe com dedicação.

4. Assista à TEDs

Todos os anos a ONG TED convida profissionais de diversas áreas para compartilhar conhecimentos e experiências. Estas palestras inspiradoras ficam disponíveis no canal oficial da organização, no Youtube.

Aproveite o tempo livre para assistir algumas dessas palestras, sejam da sua área de atuação ou não. Elas podem te ajudar a superar desafios e encontrar novos métodos de concentração. Por exemplo, o comportamento ideal em uma entrevista de emprego e até inspirações para o crescimento profissional.

Nós já temos 13 ótimos TEDs como sugestão para você, que tal começar por estes?

5. Saia do computador

É ótimo ter um tempo em casa para pesquisar, estudar e melhorar o perfil profissional. No entanto, muito do aprendizado que você deve adquirir pode estar fora de casa, longe do computador. O que você busca poderá ser encontrado em palestras, cursos e eventos presenciais da sua área.

Estar presente em atividades que você gosta será útil para se manter mais positiva e também apresentar conhecimentos específicos a novos contatos profissionais.

Foto: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Então clique aqui e assine a nossa newsletter!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close