5 dicas para a independência financeira após a separação

5 dicas para a independência financeira após a separação

*Valéria Ruiz

No Bem Separadas, recebo centenas de e-mails de mulheres que revelam seus medos e suas dificuldades quando o assunto é a vida financeira após a separação.

O assunto tira o sono da maioria de nós, mulheres, quando pensamos em nos separar. E muitas me revelam que só percebem a mudança após meses da nova realidade.

Sinto diariamente a angústia de algumas mulheres que se mantêm em relações doentias por não terem independência financeira. Muitas me dizem que, apesar de quererem se separar, não acreditam que sozinhas serão capazes de prover o sustento da casa e dos filhos, muito menos de realizar os próprios sonhos.

Na sociedade machista em que vivemos, ainda encontramos muitos homens que tentam impedir suas mulheres de trabalharem e que usam a condição de únicos provedores da família como trunfo. Para que não percam o “domínio” sobre elas, vão fazendo de tudo para que se fechem e dependam cada vez mais deles.

Com essa postura, esses homens desvalorizam suas companheiras, para que elas acreditem que realmente não são capazes de ganhar o próprio dinheiro – já que isso representaria uma “carta de alforria” para elas. O grande problema é que muitas vezes esse tipo de situação acontece de forma velada.

Se você está vivenciando essa realidade – permanece em uma relação por medo de não ser capaz de se manter financeiramente caso se separe –, ou mesmo se quer investir mais na sua vida profissional, aqui vão cinco dicas para uma vida financeira independente, saudável e próspera para você que, separada ou não, merece essa chance!

1 – Acredite: você é capaz!

Quando estamos passando por um momento difícil, nunca acreditamos que somos capazes ou boas o suficiente para conquistarmos o que desejamos. Chegamos a pensar que não temos o que é preciso para fazer as melhores escolhas.

Em primeiro lugar, precisamos nos amar e respeitar a nós mesmas para depois conquistar o respeito e o amor dos outros. Não deixe que os outros determinem quem você é realmente e aonde pode chegar. Tome as rédeas da própria vida!

2 – Cuide do seu medo!

Sei que, por mais que tentemos, em alguns momentos, sermos positivas parece impossível. Isso não acontece só com você, mas com todas nós!

O medo é necessário como recurso de autopreservação.  Não fosse por ele, sairíamos pulando de pontes, colocando a mão no fogo e nos colocando em diversas outras situações pensando somente na adrenalina.

Porém, existe o medo que nos paralisa. Se o seu medo atingiu esse grau, atenção! Despir-se deste medo que paralisa, te torna capaz de enfrentar todas as dificuldades e colocar em prática as próximas dicas.

separacao_bem_separadas

3 – Encare a realidade

Sei o quanto é difícil encarar a realidade, especialmente durante um período tão difícil como a separação.

A realidade não se mostra muita agradável e doce, não é? Mas lhe garanto: não há outra forma de vencer as dificuldades a não ser encarando-as e assumindo uma atitude positiva e proativa. Por isso, não adie o confronto com o qual está vivendo. Isso só lhe trará mais dor.

4 – Estipule metas

Metas precisam estar registradas.Elas devem ser realistas, mensuráveis e com prazo para serem cumpridas. Então, comece agora! Pegue um papel e anote sua situação financeira atual.

Depois, crie metas de economia, gastos e investimentos. Exemplos:

  • Economia: “posso economizar na conta de luz, cortar a assinatura da revista e reduzir o plano do meu celular”;
  • Mapear os gastos: “minhas despesas fixas incluem remédios de uso contínuo, mensalidade escolar dos meus filhos, transporte, aluguel etc.”; 
  • Investimentos: “tenho o sonho de fazer uma viagem, comprar uma casa, um carro, pagar a faculdade dos meus filhos”. Mesmo que neste momento você não consiga guardar dinheiro, estime um valor para cada um de seus projetos.

Você se sentirá mais leve ao ter clareza da sua situação financeira e estipulando aonde quer chegar e em qual prazo. A partir daí, tudo tende a fluir melhor.

5 – Faça um curso básico de finanças

Seguindo essa dica, você terá uma grande oportunidade de avançar na caminhada em busca da independência financeira.

Muitas vezes, acreditamos que o que já sabemos é suficiente, pois, bem ou mal, “já viemos até aqui”, certo? Mas a vida, de uma maneira geral, é dinâmica. E não é diferente no mundo financeiro. Precisamos nos abrir para novidades e ir em busca de conhecimento.

Existem ótimas opções de cursos, inclusive aqui no “Finanças femininas”. Por isso, mãos à obra! O que importa é que, independente de casadas ou separadas, todas estejam felizes!

Fotos: Shutterstock.

*Valéria Ruiz é empresária, mãe de dois filhos, foi casada por 19 anos e há 4 se separou. Coach certificada com especialidade em relacionamentos e responsável pelo site Bem Separadas, busca ajudar mulheres que estão se separando. 

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Valeria Ruiz

close