5 dicas para sobrar dinheiro ao fim do mês

5 dicas para sobrar dinheiro ao fim do mês

Ter dinheiro de sobra ao fim do mês não é um desafio fácil, ainda mais em tempos de inflação alta e recessão econômica. Mas é justamente pensando nesses dias difíceis que precisamos pensar em alternativas para sobrar alguma grana na carteira ao fim de cada mês.

Tempos de turbulência são passageiros, assim como tudo na vida, essa fase ruim pode até assustar, mas certamente não irá durar para sempre. Em todo caso, alguns sacrifícios feitos agora podem levar a uma revisão de comportamento e a redução de hábitos consumistas.

Você também pode gostar:
8 dicas para economizar com alimentação fora de casa
10 formas de economizar na rotina de casa
4 aplicativos para economizar energia elétrica

Supérfluos no supermercado

Na hora de fazer as compras, sempre acabam entrando produtos no carrinho que não estavam na lista. Em tempos de crise, esses penetras acabam pesando no orçamento. Pode ser uma bandeja de frios a mais que acaba desperdiçada, ou mesmo uma quantidade maior de frutas do que você tem intenção de comer. Além de outros produtos que não fazem parte das suas necessidades essenciais e que podem ser cortados, mesmo que temporariamente.

Fuja das vitrines e lojas virtuais

Quem acompanha o Finanças Femininas sabe que nossas colunistas Van Duarte e Julia (Economoda) sempre dão dicas ótimas de como economizar com moda, principalmente indicando formas de fazer uma releitura daquilo que você tem em seu armário. Se o seu objetivo é fazer sobrar mais dinheiro ao fim do mês, trate de ignorar os anúncios em promoção e passe a comprar somente o que você realmente precisa. Afinal, uma sapatilha de R$ 30 não fica mais tão barata quanto parece quando você a leva para casa e percebe que tem outra praticamente igual. A questão não é o produto com valor em conta, você precisa avaliar a real necessidade de comprar aquilo.

economizar dinheiro

Avalie os serviços que estão sendo pouco utilizados

Quando contratamos um serviço e contamos com ele durante muito tempo, é comum deixarmos de perceber o impacto que eles têm em nosso orçamento. Então, quando você for revisar o seu para saber onde está gastando mais e o que pode ser cortado, veja se os serviços que você contratou estão de acordo com sua real necessidade. Vale para TV por assinatura, pacote de celular e internet, entre outros. Você não precisa cortar tudo, mas pode avaliar a possibilidade de contratar um pacote mais barato e que também atenda suas necessidades.

Lazer mais barato

Deixar de sair e aproveitar a vida é um conselho que não pode ser dado. Afinal, trabalhamos muito, nos dedicamos às nossas carreira e merecemos ter o nosso momento de descanso. Mas da mesma forma que você corta gastos de suas despesas cotidianas, é preciso fazer o mesmo com o lazer. Se você precisa ter mais dinheiro na conta ao fim do mês, procure opções mais baratas para seu lazer. Reunir os amigos em casa para um happy hour ou a família para um churrasco de domingo – com todos os envolvidos rachando os custos – sai mais barato do que fazer isso em bares ou restaurantes.

Fique de olho também na programação cultural da cidade, sempre existem opções de shows, exposições e festivais gratuitos ou com baixo custo.

Reduza o consumo em casa

Essas dicas valem não só para o seu bolso, mas também para uma rotina mais sustentável. Há algum tempo, falamos aqui sobre aplicativos para economizar água e energia elétrica. Em tempos de contas com tarifas reajustadas e orçamento apertado, todo tipo de economia caseira é valiosa. Desligue os aparelhos das tomadas, diminua o tempo do banho, não deixe luzes acesas sem necessidade, não utilize a máquina de lavar quando tiver pouca roupa, enfim, existem uma série de cortes que você pode fazer para reduzir o valor de suas contas.

Crédito das fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close