5 efeitos do estresse em sua saúde

5 efeitos do estresse em sua saúde

Seu sono não anda mais o mesmo, sua vontade de comer alimentos gordurosos ou cheios de açúcar tem sido mais frequente, dores de cabeça também acontecem com frequência, sem falar na sua memória, que parece estar um pouco enferrujada. Aliado a tudo isso, vem o ritmo de trabalho frenético, a pressão constante, a falta de motivação e os problemas em casa. O quadro e o contexto não indicam outra coisa: você está sob estresse e os efeitos contínuos podem trazer problemas bem mais graves à sua saúde.

Nós sabemos que não é fácil, tem dias em que são tantas coisas a fazer, tantos problemas a serem resolvidos que fica difícil até respirar. E no meio desta bola de neve, vamos somatizando estes sintomas sem refletir sobre saídas para buscar um outro estilo de vida, uma rotina mais saudável, enfim, formas de encontrar disposição.

E se você acha que estes sintomas que descrevemos acima são mera coincidência com esse estilo de vida acelerado, você está muito enganada. O causador disto tem classificação e nome: é um hormônio chamado cortisol. Abaixo, vamos descrever algumas alterações no corpo provocadas pelo excesso de cortisol no sangue, bem como malefícios gerados por outros hormônios ligados ao estresse.

Quando ele entra em cena?

Em situações de perigo, uma região do nosso cérebro chamada de hipotálamo é ativada e deixa o nosso corpo em “estado de alerta”. Isso faz com que a glândula suprarrenal seja ativada e libere hormônios em nosso corpo, entre eles, o cortisol. Ele é responsável por causar aumento da pressão arterial e aumentar a quantidade de açúcar no sangue.

Em situações comuns, o corpo humano se reajusta facilmente depois de uma situação estressante. O problema é que quando alguém está sob estresse contínuo, os efeitos dos hormônios liberados no organismo, entre eles o cortisol, também se tornam frequentes, o que acaba gerando problemas de saúde.

Compulsão alimentar

O cortisol estimula a vontade de consumo de alimentos gordurosos ou com açúcar. Se você tem notado que o estresse tem estimulado a comer comidas pesadas ou porcarias, procure deixar alimentos saudáveis sempre por perto, assim você evita uma alimentação ruim.

efeitos_do_estresse

Aumento de peso

Além de estimular uma alimentação pouco saudável, o cortisol também contribui para aumentar o tecido adiposo no corpo, que é a região onde a gordura fica acumulada. Em muitos casos, esse acúmulo acontece na região abdominal. Além dos alimentos saudáveis, mantenha uma rotina de exercícios constantes. Seja uma caminhada pela manhã, uma série de exercícios na academia três vezes por semana ou um esporte da sua preferência.

Dificuldade para dormir

O estresse também é responsável por deixar o corpo agitado, tendo em vista que também libera adrenalina no sangue. Essa hiperatividade acaba atrapalhando o sono. Além da adrenalina, o cortisol também pode provocar dores de cabeça, que também prejudicam um sono saudável.

Se você tem tido dificuldades para dormir, procure adotar alguns hábitos para desacelerar o corpo à noite. Evite ficar até tarde da noite vendo televisão, usando o computador ou o celular. Os visores destes aparelhos estimulam a atividade cerebral e dificultam o sono. Procure ouvir uma música relaxante, bem baixinha, ou ler um livro antes de dormir.

Memória curta

Está tendo dificuldades em lembrar compromissos, esquece tarefas, confunde datas e isso tudo tem lhe causado estranhamento? Pois saiba que o cortisol também pode interferir na sua capacidade de armazenar informações, portanto, é hora de desacelerar!

Incorporar hábitos saudáveis no cotidiano não é luxo, é necessidade! Ainda que você fique relutante, experimente ao menos tentar algumas mudanças e avalie os efeitos disso a médio prazo. Temos certeza de que não irá arrepender-se!

 

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close