5 passos para manter o orçamento em ordem

5 passos para manter o orçamento em ordem

Por Thiago Alvarez, cofundador do GuiaBolso.com

Nesses dois anos ajudando as pessoas com suas finanças no GuiaBolso.com, pude perceber que muitas delas achavam que manter o orçamento em ordem era uma tarefa difícil, quando na verdade não é.

Controlar as finanças não precisa ser um bicho de sete cabeças. Ao contrário do que parece, as ações mais efetivas para conseguir economizar e montar uma reserva financeira para o futuro são pontuais e fáceis de fazer. Duvida?

Vou apresentar aqui cinco passos decisivospara que vocês consigam assumir, de uma vez por todas, o controle do orçamento. Vamos lá?

1. Mapeie suas despesas mensais:

Você sabe exatamente quanto você gasta? Este é o primeiro passo para assumir o controle de suas finanças. Para fazer isso, você tem duas opções: optar por uma planilha de gastos ou uma ferramenta automática de controle financeiro, como o GuiaBolso.com.

A grande vantagem do controle financeiro automático é a praticidade. Basta inserir seus dados do internet banking e, em menos de dois minutos, todos as suas despesas feitas no cartão de crédito e débito aparecerão na sua tela, divididas automaticamente por categorias. Assim, fica mais fácil identificar onde você está gastando demais.

2. Renegocie suas dívidas:

Se ao fazer esse levantamento, você percebeu que boa parte do seu orçamento é consumida por dívidas, essa deve ser sua prioridade financeira.

Some o valor total das dívidas e troque as mais caras (cheque especial, parcelamento da fatura do cartão) por empréstimos que cobrem juros menores (crédito consignado ou com garantia de bens, como carros e imóveis). Só atente para que o valor das parcelas caiba no seu orçamento.

Outra dica é antecipar o pagamento de tudo o que puder à vista, negociando o desconto dos juros. Essa é uma boa pedida para o dinheiro extra que costuma entrar no final do ano (décimo terceiro e eventuais bônus).

orcamento_organizado

3. Crie metas para as despesas mensais:

A essa altura, você já tem a real dimensão da sua situação financeira. Então, é hora de criar metas mensais para seus gastos e cortar os excessos. A regra dos 50-15-35, que se baseia na divisão da renda para cada tipo de despesa, pode ajudar. Veja como funciona:

– 50% para gastos essenciais: moradia, transporte, supermercado, contas de casa (água, luz, telefone), educação e saúde são exemplos desse tipo de despesas.

– 15% para prioridades financeiras: se você estiver endividado, sua prioridade financeira é quitar dívidas. Se não, separar uma parte da sua renda mensal para direcionar primeiro para a poupança e, mais tarde, para investimentos.

– 35% para estilo de vida: bares, restaurantes, baladas, cinema, salão de beleza, academia e empregada doméstica são alguns dos itens que entram nessa categoria. Vale lembrar que na hora de cortar gastos, é mais efetivo começar por aqui.

Fica mais fácil cumprir as metas mensais ao desdobrá-las em metas semanais ou diárias. Isso também facilita o acompanhamento do seu desempenho, já que você não precisa esperar até o final do mês para então perceber que alguma despesa não está fluindo como o planejado.

Se você pretende gastar, por exemplo, R$ 400 por mês no supermercado, programe-se para gastar R$ 100 nas compras semanais. O mesmo funciona para bares e restaurantes: coloque uma meta de gastos para cada saída de fim de semana. O GuiaBolso.com também pode te ajudar nisso, já que permite que você planeje seu orçamento e acompanhe seu desempenho em tempo real.

5. Construa uma reserva de emergência:

Com suas dívidas quitadas e o orçamento em ordem, o primeiro objetivo financeiro que você deve atingir é construir uma reserva de emergência de três a seis salários. Esse colchão é importante para que você consiga se proteger dos imprevistos da vida e nunca mais volte a se endividar.

Com um pouco de disciplina e planejamento, tenho certeza de que vocês conseguirão reinventar a forma como controlam suas finanças e viver de uma forma mais leve e tranquila. Contem com o apoio do GuiaBolso.com nessa jornada! 🙂

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close