6 cuidados básicos para economizar com seu carro

6 cuidados básicos para economizar com seu carro

O orçamento mais enxuto ao final de cada mês pode ser causado por gastos difíceis de serem identificados. Por exemplo, você sabe que está gastando mais com o seu carro porque o preço da gasolina está caro. Justamente por isso é preciso otimizar o uso do carro, visando o melhor aproveitamento do combustível que você coloca nele. Mas será que a única forma de reduzir o consumo de gasolina (ou mesmo outros combustíveis) é deixando o carro na garagem o maior tempo possível?

O mau uso do veículo e o descuido com a manutenção podem fazer com que você gaste muito mais combustível que o necessário, além de provocar o desgaste prematuro de peças importantes. Para evitar despesas desnecessárias, seguem algumas dicas de hábitos e manutenção de peças básicas, para que você consiga economizar com seu carro.

Você também pode gostar:
7 dicas para diminuir as despesas com supermercado
10 formas de economizar na rotina de casa
5 maneiras de economizar com as despesas básicas

Cheque as velas periodicamente

Velas com funcionamento precário fazem com que o combustível seja desperdiçado. Se elas não produzem faísca suficiente para queimar a gasolina, parte dela acaba sendo dispensada à toa. É o mesmo que acontece com um fogão funcionando mal. Se ele demora a produzir a faísca, o gás vai sendo liberado desnecessariamente. Confira no manual do veículo o período indicado para fazer a troca das velas e respeite o prazo estabelecido.

Use o ar condicionado moderadamente na cidade

Em dias muito quentes, ligar o ar condicionado do carro é um movimento tão automático quanto dar a partida no veículo. A questão é que a gente acaba se acostumando com o uso do equipamento, mesmo quando não há necessidade. Deixe as janelas abertas quando o carro estiver em movimento (mas lembre-se de fecha-la quando estiver parada, por questões de segurança). O uso do ar condicionado na cidade pode fazer o consumo de combustível aumentar mais de 10%.

Prefira o ar condicionado na estrada

Pode parecer estranho (justamente tendo em vista o conselho acima), mas o uso do ar condicionado na estrada pode ser mais econômico do que manter as janelas abertas, considerando que o carro esteja se movimentando a mais de 80 Km/h. Isso acontece porque o vento que entra pelas laterais interfere na aerodinâmica do carro, ou seja, ele precisará consumir mais combustível para manter o rendimento.

bagagem-carro-cheio

Retire objetos que prejudiquem a estabilidade do carro

O conselho justifica-se pelo mesmo motivo do ar condicionado na estrada: bicicletas, pranchas, bagageiros e afins no teto do carro interferem na aerodinâmica dele. Desta forma, é preciso queimar mais combustível para que ele mantenha uma boa performance. O excesso de peso no porta-malas ou nos bancos traseiros também podem causar o mesmo efeito negativo.

Mantenha os pneus calibrados

Esse cuidado é essencial porque este é um ponto que compromete não só o consumo de combustível, mas também pode causar desgaste prematuro dos pneus. Manter os pneus bem calibrados é algo muito simples, essas bombas de calibragem sempre são encontradas em postos de gasolina. Em alguns deles o serviço é feito pelos frentistas e em outros você mesma pode calibra-los. É rápido e fácil, dá para conferir o ar dos pneus toda semana. Circular com os pneus murchos faz com que você force mais o carro, ou seja, queima mais combustível, desgasta os pneus e a suspensão do veículo.

Mantenha o carro bem alinhado

Sabe aquela situação chata de ir para o aeroporto/rodoviária com uma mala bem cheia, mas com uma das rodas meio torta ou empenada? Você está com pressa, mas não consegue manter a mala em linha reta, para fazer isso acaba tendo que imprimir mais força. O mesmo acontece com seu carro desalinhado, só é mais difícil perceber porque é o veículo que precisa de mais força para manter-se alinhado, ou seja, acaba gastando mais combustível para imprimir essa força extra. Você consegue perceber que o carro está desalinhado quando o volante começa a “puxar”. Se você o mantem em linha reta e o carro inclina para esquerda ou direita em vez de manter-se reto, é sinal de que está desalinhado.

 

Crédito das fotos: Shutterstock

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close