7 dicas para escolher uma boa consultoria financeira

7 dicas para escolher uma boa consultoria financeira

Se você sabe o que deseja conquistar, mas precisa de uma forcinha com o planejamento, a presença de uma consultoria financeira pode ser muito bem-vinda. Os profissionais desse ramo têm como objetivo auxiliar os clientes na construção dos seus sonhos – seja se eles estiverem em busca de se livrar das dívidas, comprar um apartamento ou poupar para a aposentadoria.

A ajuda de um profissional qualificado, portanto, pode dar um grande empurrão aos seus objetivos. Mas, se essa escolha não for bem feita, a “parceria” pode acabar se tornando uma cilada. Para ajudá-la a tomar essa decisão, conversamos com Marcia Belluzo Dessen, planejadora financeira CFP® e diretora da Associação Brasileira de Planejadores Financeiros (Planejar), e com Carol Sandler, coach financeira e fundadora do Finanças Femininas.

1) Conheça os diferentes profissionais

São vários os profissionais que se propõem a prestar consultoria financeira. Para encontrar o mais indicado para você, então, o primeiro passo é conhecer o trabalho e objetivos de cada um.

Na classificação profissional, Marcia explica que entram: bancários (que negociam exclusivamente produtos e serviços da instituição que representam), agentes autônomos de investimento (que, ao contrário do que sugere o nome, representam a instituição com a qual mantém vínculo contratual), consultores (profissionais ou empresas credenciados pela Comissão de Valores Mobiliários para prestar consultoria) e planejadores financeiros (que, com a Certificação CFP®, podem atuar de maneira independente ou vinculados a alguma instituição).

como_escolher_consultoria_financeira_interna

2) Investigue sua isenção

Para Carol, a independência é a principal característica de uma boa empresa ou profissional de consultoria financeira. “É preciso ter certeza de que aquela pessoa não recebe o que se chama no mercado de ‘rebate’, uma espécie de ‘comissão’ pela indicação de alguns produtos financeiros.” A isenção do profissional nos leva ao próximo tópico.

3) Tenha certeza de que você é o foco da conversa

“O profissional comprometido coloca o cliente em primeiro lugar”, defende Marcia. Por isso, é preciso ficar atenta à venda indiscriminada de produtos, sem a avaliação do seu perfil, objetivos e expectativas.

4) Busque recomendações

Como na contratação de qualquer serviço, é preciso buscar referências e recomendações do profissional ou empresa em questão. Carol indica que a pessoa faça uma pesquisa de mercado, compare diferentes valores e propostas.

5) Considere a formação profissional

Qualificação profissional é outro ponto-chave dessa história. É preciso olhar o currículo e histórico do profissional para que você se sinta confortável e confiante com o serviço que será executado.

Leitura complementar

Planilha dos Sonhos

Planilha dos Sonhos

Ver mais

6) Valorize o profissionalismo

A ética e o profissionalismo devem andar juntos à qualificação. “Se a pessoa começar a revelar informações de outros clientes, desrespeitando a individualidade de cada um, é preciso ficar alerta”, orienta Carol.

7) Encontre alguém com quem tenha afinidade

Por fim, não só de qualidades técnicas se faz essa relação. É importante encontrar um profissional com quem você se sinta à vontade para falar sobre a sua situação financeira e o que deseja conquistar. A afinidade faz muita diferença para que resultados interessantes sejam alcançados.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!  

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close