7 dicas para fazer um chá de bebê simples e barato

7 dicas para fazer um chá de bebê simples e barato

Não existe utopia em desejar um chá de bebê simples e barato, mas que seja lindo e inesquecível. Muitas grávidas acabam deixando de aproveitar o momento de organizar a festa por causa dessa preocupação. Porém, acredite: não são os docinhos caros ou decoração impecável que farão a festa ficar gravada no coração, mas, sim, todo o amor das pessoas envolvidas. As dicas a seguir ajudarão você a fazer um chá de bebê econômico, de bom gosto e memorável.

1. Enxugue a lista de convidados

É perfeitamente compreensível que você esteja mais fragilizada e ansiosa na reta final da gravidez. Por isso, é importante estar cercada de pessoas queridas, que estarão ali para o que der e vier. Preocupe-se em convidar quem acompanhou a gestação de perto ou que, mesmo distante fisicamente, não deixou de demonstrar carinho. Uma lista de convidados mais enxuta criará um clima intimista e, de quebra, ajudará a economizar um bom dinheiro.

2. Organize bem a lista de presentes

Para não correr o risco de receber itens repetidos, você pode recorrer a sites que fazem o serviço para você, como o Lá Vem o Bebê e o EuNeném. Eles funcionam da mesma forma que aqueles voltados para listas de presente para casamentos. Nos dois casos citados, você recebe os presentes em dinheiro, assim, poderá gastar da forma que achar melhor.

3. Aposte na decoração DIY

Esse é o grande triunfo de qualquer festa econômica que se preze, e não seria diferente com chás de bebê. Não é preciso nada luxuoso: basta uma mesa que caiba todos os quitutes com uma toalha bonita e um pouco de criatividade. Além dos clássicos balões, você pode dispor as roupinhas do futuro bebê em um varal, assim como as fotos tiradas durante a gravidez. Pense em uma paleta de cores e siga-a para ter um décor coerente e de bom gosto – existem várias inspirações no Pinterest e em blogs especializados.

cha-de-bebe-barato

4. Vá para a cozinha

Como serão poucos convidados, é possível assumir boa parte da produção de quitutes. O bom e velho bolo da vovó – aqueles caseiros, que não levam recheio – é garantia de sucesso, assim como tortas doces e salgadas. Prepare também alguns sanduíches e acomode em uma cesta de vime para uma dose extra de charme.

5. Prefira lembrancinhas artesanais

Não é preciso muita coisa para impressionar: um potinho de vidro com doce dentro – como brigadeiro ou bolo -, com um laço e uma bela etiqueta pode deixar seus convidados muito felizes. Procure inspirações em blogs e no Pinterest para surpreender. Dependendo da escolha, você mesma pode fazer a montagem, chamando as pessoas próximas para ajudá-la.

6. Peça ajuda

Você já notou que, com tanto volume de trabalho, apenas duas mãos não darão conta de tudo, certo? Por isso, a melhor solução é convocar parentes e amigos próximos para colocar as mãos na massa, seja na decoração ou na cozinha. Além disso, dependendo do estágio da gestação, você já não poderá se esforçar demais, então, a ajuda será fundamental.

7. Procure pequenas produtoras

Se você e sua “equipe” não derem conta de tudo, prefira pedir o que faltou para micro-empreendedoras. Essa é uma ótima saída principalmente para atividades que exigem mais habilidade, como o bolo principal da festa, algumas comidas e lembrancinhas. Além de fomentar o empreendedorismo entre mulheres, você ainda conseguirá preços ótimos. Você pode encontrá-las em grupos de Facebook, como o Compro de Quem Faz das Minas.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

close