7 empreendedoras brasileiras que irão te inspirar

7 empreendedoras brasileiras que irão te inspirar

Dar início a um empreendimento e vê-lo crescer é uma alegria indescritível para qualquer mulher de negócios. O sonho depende de muita luta, planejamento, dedicação e esforço. Antes de colocar tudo no papel, todo mundo imagina o momento de glória, mas nem todas encontram motivação o suficiente para empreender. Entre os empecilhos, o medo de não dar certo pode ser um dos mais fortes.

Para superar este obstáculo, nada melhor do que inspirar-se em exemplos de empreendedoras que estão prosperando. Abaixo, fizemos uma lista de empresárias brasileiras que acertaram na mosca em seus empreendimentos. Suas histórias de sucesso podem ser uma grande fonte de inspiração para quem quer trilhar o mesmo caminho.

Você também pode gostar:
11 livros de sucesso que toda mulher precisa ler
15 frases de mulheres que você não pode deixar de ouvir
Realidade no empreendedorismo feminino

Cecilia Prado

A mineira de Jacutinga criou uma grife que conseguiu conquistar até mesmo o mercado chinês, gigante no setor têxtil. A marca da jovem empresária produz vestidos, blusas, jaquetas e biquínis que são vendidos em toda a América, além de mercados na Europa, Ásia e África. No Brasil, possui duas lojas próprias em São Paulo, nos shoppings JK Iguatemi e Pátio Higienópolis. De acordo com informações do Uol, 82% de sua produção é exportada para mais de 20 países.

cecilia-pradoFoto: Associação Brasileira de Estilistas

Zica Assis

Fundadora do Instituto Beleza Natural, Zica Assis já foi empregada doméstica e cabeleireira antes de tornar-se empresária. Sua ideia de negócio surgiu com inspiração no próprio cabelo. Dona de madeixas cacheadas, ela achava difícil mantê-lo bonito, mas não queria alisá-los. Surgiu então a ideia do Beleza Natural, uma rede de salões de beleza especializados em cabelos crespos e ondulados. Além de ter sido listada pela Forbes como uma das dez mulheres de negócios mais poderosas do Brasil, ela serviu de inspiração para a personagem Monalisa, vivida por Heloísa Périssé na novela “Avenida Brasil”.

Zica-AssisFoto: Divulgação

Isabella Delorenzo

Economista por formação, Isabella Delorenzo deixou o universo corporativo para abrir a The Brownie Shop. Para se especializar na produção da iguaria americana, ela passou um tempo nos Estados Unidos e estudou marketing para gastronomia. Ao contrário da maioria dos empreendedores, lançou primeiro uma loja online e depois inaugurou um espaço físico. A qualidade do produto foi um dos seus diferenciais. No início da produção, as pessoas costumavam bater em sua porta para comprar unidades de brownies, pois sentiam o cheiro gostoso das fornadas novinhas.

isabella-delorenzoFoto: Leonardo Soares/Uol

Chieko Aoki

Nascida no Japão e naturalizada brasileira, Chieko Aoki é fundadora da rede Blue Tree Hotels, com 23 unidades em 18 cidades do país. A empreendedora já viajou para diversos lugares do mundo, mas em entrevista ao Uol, contou que o imprescindível para qualquer empreendedora é a inquietação e a vontade de fazer acontecer. Em 2013, ficou em segundo lugar na lista das 10 mulheres mais poderosas do Brasil, feita pela revista Forbes.

chieko-aokiFoto: Divulgação

Luiza Helena Trajano

O nome é bem conhecido. Ela está no comando da rede varejista Magazine Luiza, que possui aproximadamente 800 lojas em todo o país. Ao contrário do que muitos pensam, o nome da loja não veio do dela, na verdade é uma homenagem à tia Luiza Trajano Donato, que ao lado do marido, Pelegrino José Donato, fundou a empresa em 1950. Luiza Helena cresceu dentro da empresa ao longo dos anos até receber o convite da tia para assumir a liderança. Hoje, considerada uma das mulheres mais influentes do país, ela gosta de acompanhar todos os processos da empresa de perto. Já foi convidada para assumir o Ministério da Micro e Pequena Empresa, mas não aceitou o convite.

luiza-helena-trajanoFoto: Zanone Fraissat/Folhapress

Giovanna Antonelli

O sucesso da atriz global não se restringe às telas da TV e do Cinema. Além de artista, ela é uma mulher de negócios. Em 2014, lançou a franquia de depilação a laser e estética Giolaser. Além disso, é sócia do também ator, Reynaldo Gianecchini, em um restaurante especializado em comida orgânica no Rio de Janeiro. O nome da atriz e empresária também assina linhas de esmaltes, semijoias, óculos de sol e bolsas.

giovanna-antonelliFoto: Divulgação

Sarah Lazaretti

A enfermeira obstetra Sarah Lazaretti tornou-se empreendedora a partir de uma dificuldade enfrentada em casa que virou oportunidade. Quando tinha cerca de 3 anos, a filha dela sofria para dormir devido à alergia a ácaros e Sarah precisava obter os remédios para tratamento no exterior. Depois de pesquisar com especialistas, percebeu que esta seria uma oportunidade de mercado e abriu uma franquia de remédios para pessoas alérgicas, a Alergoshop.

sarah-lazarettiFoto: Divulgação

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close