72% das mulheres preferem ter mais qualidade de vida do que dinheiro

72% das mulheres preferem ter mais qualidade de vida do que dinheiro

Viver em um mundo excessivamente competitivo pode levar à falsa ideia que a melhora do poder aquisitivo deve ser o principal objetivo de uma carreira. No entanto, o sucesso visto pela ótica feminina pode desmentir este paradigma, como mostra estudo feito em várias regiões do país pelo instituto de pesquisas online Opinion Box em parceria com o site Finanças Femininas. A pesquisa contou com uma base de mil mulheres.

74,4% das entrevistadas afirmaram preferir ter mais dinheiro do que tempo. Isso, no entanto, não significa que o dinheiro esteja acima de tudo. Quando a pergunta dada era se elas preferiam mais qualidade de vida ou dinheiro, uma vida com mais qualidade prevaleceu nas respostas, com 71,9% das escolhas.

Você também pode gostar: 
Maioria das pessoas no mundo não sabe o que fazer com o próprio dinheiro
Principal desafio financeiro das mulheres é fazer sobrar dinheiro ao fim do mês
77% das mulheres têm dificuldade para entender os investimentos

A forma como elas compreendem o sucesso explica bem a maneira de priorizar o dinheiro, mas sem deixar a qualidade de vida de lado. A pesquisa apontou que para 58% das entrevistadas, o sucesso representa encontrar equilíbrio entre a carreira e a família. A resposta seguinte foi ser realizada profissionalmente e reconhecida (18,9%). Apenas 10,3% das mulheres responderam que sucesso representa um cargo alto com um bom salário.

Infografico FF - Mulheres e Sucesso (1)

De um modo geral, essas interpretações de sucesso deixam muito claro que o dinheiro serve apenas como ponte para algo maior. O desafio vivido pela maior parte das mulheres – que além de conquistarem o espaço que desejam no mercado de trabalho ainda arcam com o excesso de funções no ambiente doméstico – faz com que este equilíbrio seja pretendido, porém distante da realidade feminina.

O momento não pede o acúmulo de papéis, mas sim a divisão. Já que fora de casa as mulheres desempenham papel fundamental para o orçamento doméstico –a pesquisa mostrou que somente 13,9% das entrevistadas não contribuem para o orçamento da família –é preciso que dentro do lar elas também contem com a divisão igualitária de tarefas.

Crédito da foto: Shutterstock
Arte: Nara De Stéfani

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close