8 dicas para sair da zona de conforto

8 dicas para sair da zona de conforto

Considerar uma grande mudança e deixar a zona de conforto não é fácil. Ir além do que já é conhecido e confortável exige coragem e determinação. Porém, as recompensas são gratificantes. Você cresce, amplia o leque de experiências, se torna mais segura e melhor preparada para atingir seus objetivos. Situações que antes lhe causavam calafrios se tornam mais simples e te ajudam a reconhecer melhor seu potencial. Com base em matéria feita pelo Business Insider sobre este tema, listamos uma série de dicas que podem ser úteis para que você deixe a zona de conforto, confira.

1. Avalie sua vida

O primeiro passo para sair da zona de conforto é fazer uma avaliação sincera de sua vida. Veja o que não a agrada mais, o que não faz mais sentido e a deixa insatisfeita. Analise como pode mudar a situação e aja. Se você está infeliz no mesmo emprego há anos e não faz nada para mudar, não espere uma nova vaga cair do céu. Arregace as mangas, corra atrás e esteja aberta a aceitar desafios. Uma vaga bem diferente pode aparecer e você terá que decidir se continua na mesma situação ou encara a nova oportunidade.

2. Fale em público

Muitas pessoas morrem de pavor só de pensar em falar em público. Porém, vez ou outra isso é necessário e não há como fugir – você pode ter que fazer uma apresentação no trabalho, por exemplo. Enfrente o medo e aproveite todas as oportunidades que tiver para falar em público. Para se aprimorar, você pode fazer um curso de teatro ou oratória. Quem fala bem em público se destaca e pode ter mais oportunidades na carreira.

3. Medite

Diminuir o ritmo, ficar em silêncio e buscar a calma dentro de si mesma pode ser particularmente difícil para quem vive agitada e ansiosa. A meditação, nesses caso, é uma ótima maneira de sair da zona de conforto, principalmente por favorecer o autoconhecimento. Quando você começa a se conhecer, compreende melhor suas reações diante dos desafios da vida e descobre forças que nem imaginava ter.

8 dicas-zona-conforto

4. Faça trabalho voluntário

Com o trabalho voluntário, você ajuda os outros e a si mesma. Você tem contato com realidades diferentes da sua, conhece gente nova e faz coisas que não havia feito antes, o que aumenta a versatilidade. Você se sente satisfeita e descobre que é mais capaz do que imaginava quando auxilia os outros.

5. Estabeleça uma meta desafiadora para algo que você já faz

Dê um passo além em atividades que já são familiares para você. Se você participa de corridas de curta distância, por exemplo, desafie-se a fazer uma de longa distância. Defina um prazo realista para ter tempo de se preparar bem. Se inicialmente a ideia de correr vários quilômetros a mais a assustava, você se sentirá realizada ao ver que consegue conquistar muito mais do que pensava.

6. Faça caminhos diferentes

Experimente trajetos diferentes para ir ao trabalho, para a faculdade ou um curso. Você pode se surpreender com uma paisagem diferente e descobrir rotas mais rápidas.

7. Experimente novos sabores

Se nas refeições fora de casa você pede sempre o mesmo sabor de suco e raramente  experimenta pratos novos, está perdendo um jeito delicioso de sair da zona de conforto. Explore melhor o cardápio. Que tal pedir aquele prato mexicano de nome esquisito, mas que parece saboroso? Experimente! Você pode encontrar novos sabores favoritos e explorar diferentes tipos de culinária.

8. Conheça pessoas novas

Converse com alguém da faculdade ou do trabalho com quem nunca falou antes. Puxe assunto com um desconhecido no ônibus ou no supermercado. Você verá que pode aprender um pouco com cada pessoa com quem conversa. Aos poucos, a timidez vai ficando de lado e se aproximar de pessoas que te interessam se torna mais fácil.

Fotos: Shutterstock
Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

 

 

   

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close