9 itens de supermercado para não comprar sem ver o preço

9 itens de supermercado para não comprar sem ver o preço

Não é novidade para ninguém que as compras de supermercado estão pesando mais no orçamento das famílias. Com os preços em um patamar bastante elevado, não é incomum que uma compra de itens básicos acabe levando R$ 100 da carteira. O único jeito de se proteger desse aumento é ficando de olho nos preços.

Para ajudá-la a economizar, separamos os produtos que lideram o ranking de alta dos preços nos últimos doze meses, segundo o IPCA, do IBGE. Confira as dicas para gastar menos nas compras do mês.

1) Feijões
Encabeçando a lista dos produtos que ficaram mais caros no último ano estão os feijões. O feijão-carioca teve alta de 149,68%, feijão-mulatinho de 134,66%, feijão-preto 87% e feijão-macassar (fradinho) 72,73%. Apesar de ser um dos alimentos preferidos dos brasileiros, é possível substituir o feijão por outros grãos, como a lentilha e a soja, por exemplo.

2) Açúcares
Apesar de doces, eles podem amargar o orçamento e assustar os desavisados: o açúcar refinado subiu 55,42% nos últimos doze meses e o açúcar cristal, 54,21%. Pesquisar os preços em diversos mercados é fundamental para fazer boas compras. Uma forma de fazer isso é utilizando aplicativos que comparam valores e reúnem promoções. Esta também pode ser uma boa hora para reduzir o seu consumo de açúcar.

Leitura complementar

Lista de Supermercado

Lista de Supermercado

Ver mais

3) Leite e derivados
Quem também merece muita atenção na hora das compras é o leite e os seus derivados. O leite longa vida subiu 38,71% em um ano e o leite em pó, 27,19%. Já a manteiga teve alta de 69,49%, o leite condensado de 53% e o creme de leite de 35%. Além de reduzir o consumo de laticínios, uma boa dica para economizar é usar uma lista de supermercado para não comprar mais produtos do que precisa. O Finanças Femininas tem esta ferramenta que pode ajudá-la.

4) Hortifruti
Entre os produtos de hortifruti que tiveram aumentos relevantes, podemos citar a tangerina, com elevação de 53,19%, mamão (47,37%), limão (45,84%), alho (43,49%), maçã (28,34%), mandioquinha (24,81%), laranja-pêra (22,98%) e banana-prata (22,94%). Para proteger o seu orçamento é preciso dar prioridade às frutas, legumes e verduras da estação, além de ficar de olho nos preços que caíram: a cebola ficou 48,45% mais barata, o abacate caiu 25,91%, maracujá teve queda de 13,89% e a cenoura ficou 11,15% mais barata.

supermercado_precos_interna

6) Chocolate
O mais queridinho entre os doces também ficou mais caro: a barra de chocolate e os bombons ficaram 23,42% mais caros em um ano. Para encontrar bons preços, é preciso desapegar do mercado onde sempre faz suas compras e criar o hábito de pesquisar os valores oferecidos por vários.

7) Cafés
Para tristeza de quem acorda cedo, o café moído subiu 21,73% e o solúvel aumentou 20,52%. Para economizar, é possível substituir o café por outras bebidas: o chá, por exemplo, teve seu preço reduzido em 4,83% nos últimos 12 meses.

8) Produtos de limpeza
Entre os produtos de limpeza, o desinfetante teve aumento de 17,79% e o amaciante de 16,2%. Essa é uma boa hora para variar as marcas dos produtos que usa e também dar uma chance àquelas dos próprios supermercados, que podem ter preços mais atrativos.

9) Produtos de higiene pessoal
Também ficou mais difícil cuidar da higiene pessoal no País: os produtos para higiene bucal subiram 17,21%, desodorante aumentou 16,2% e o sabonete ficou 14,08% mais caro. Se quiser gastar menos, pode aproveitar os supermercados atacadistas e comprar produtos não-perecíveis em maior quantidade.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close