A importância de fazer um testamento

A importância de fazer um testamento

Você é uma mulher jovem, sua carreira começa a ganhar certa estabilidade e as primeiras conquistas patrimoniais começam a chegar. O primeiro carro, o primeiro apartamento, os móveis, enfim, finalmente você vive a tão falada “vida de gente grande”. No ápice de sua juventude e na trilha para alcançar uma série de outras metas profissionais, é pouco provável que você já tenha pensado em elaborar um testamento sobre o seu patrimônio, não é verdade?

Bom, pois não deveria ser assim. Ainda que a “ordem natural” das coisas seja pensar nisso depois de ter subido alguns degraus na vida, a nossa trajetória é incerta demais para deixar este tipo de decisão para amanhã. E a formação de um testamento não é algo que só faz sentido para pessoas ricas, como muita gente pode pensar. Pense bem, independente do que você já tenha conquistado até hoje, não foi fácil conseguir o que tem, não é verdade?

Então seja um carro, uma caderneta de poupança, um imóvel ou que for, suas conquistas tem valor e você provavelmente deve ter em mente quem gostaria que assumisse o que você conquistou, caso algo te aconteça repentinamente. Este é um assunto talvez pouco discutido, mas a importância do tema fez com que o portal de conteúdo Go Girl Finance listasse alguns exemplos desastrosos de celebridades que já faleceram, veja algumas situações.

JStone/Shutterstock.com

Jimi Hendrix

O guitarrista que tornou-se a maior lenda do rock fez seu nome na década de 1960, alcançou o topo da fama e morreu precocemente, aos 27 anos, em circunstâncias mal esclarecidas. Como não havia sido feito um testamento, o pai herdou tudo que ele tinha, os direitos autorais e conseguiu erguer um patrimônio avaliado em US$ 80 milhões.

Como todo o restante da família não herdou nada, um irmão de Hendrix levou a questão para a Justiça americana, mas sem sucesso. O patrimônio acabou sendo deixado pelo pai de Hendrix para uma filha que foi fruto de um outro casamento. A situação é um bom exemplo de que se você tem intenção de fazer a distribuição de seus bens entre familiares, é importante deixar isso claro no testamento. Caso contrário é preciso seguir as regras da legislação.

Everett Collection/Shutterstock.com

Heath Ledger

É importante não só fazer o testamento, mas também lembrar de mantê-lo atualizado. O caso de Heath Ledger é um exemplo disso. O documento dele, que beneficiava os pais e a irmã, foi feito antes dele ter uma filha com Michelle Williams. O problema é que o testamento nunca mais foi atualizado e o ator também morreu muito jovem, com apenas 28 anos, vítima de uma intoxicação com remédios.

A família de Ledger prometeu tomar conta da filha dele, mas um caso como esse serve de alerta para a necessidade de atualização de um testamento sempre que houver o surgimento de alguém importante que você queira beneficiar futuramento, como um filho ou um companheiro (a).

Leona Helmsley/reprodução O Aprendiz Verde

Leona Helmsley

A história bilionária norte-americana talvez seja uma das mais controversas. Dona da rede de hoteis de luxo Helmsey, ela ficou conhecida nos bastidores como uma empresária maldosa e de temperamento difícil. Sua morte em 2007 veio com uma grande surpresa: no testamento ela deixou uma doação mais de US$ 1 bilhão para caridade e cerca de US$ milhões para o seu cachorro.

A decisão foi motivo de revolta entre os netos dela, que contestaram o testamento na Justiça alegando que a avó tinha problemas mentais. Ao final do imbróglio, a Justiça determinou uma redução significativa do patrimônio do cão, que foi dividido entre os netos. Ainda assim, o animal continuou com uma herança de US$ 2 milhões.

Bom, um caso tão bizarro dificilmente deve se repetir. De toda forma, como bem aconselhou o portal citado, se você pretende fazer algo muito fora do comum com seu patrimônio, é bom ter as garantias asseguradas por um laudo médico comprovando sua sanidade mental.

Florence Griffith/reprodução Rebloggy

Florence Griffith

A atleta morreu e deixou o testamento tão bem guardado que ninguém conseguiu encontrá-lo. O resultado foi uma batalha judicial entre o marido e a mãe dela. A mãe dela alegou que a filha prometeu que ela poderia ficar na casa do casal por tempo indeterminado. Inconformado com a situação, o marido da atleta resolveu levar o caso para a Justiça. Para resolver a questão, uma terceira pessoa foi chamada.

Se você imagina que seu patrimônio pode ser motivo de discórdias deste tipo, é importante que fique guardado em um lugar acessível.

Caso não conheça bem as regras para criação de um testamento, vale a pena dar uma olhada nessas explicações no site do Colégio Notarial do Brasil (CNB).

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close