Adolescentes de Pirituba participarão de fórum internacional de Ciências em Londres

Adolescentes de Pirituba participarão de fórum internacional de Ciências em Londres

Cinco adolescentes de uma escola pública de Pirituba irão participar, de 27 de julho a 10 de agosto, do London International Youth Science Forum (LIYSF). O evento em Londres, realizado anualmente, reunirá cerca de 500 estudantes de mais de 65 países para estimular o interesse dos jovens pela ciência. O tema deste ano será Great Scientific Discoveries, que abordará os vários aspectos da descoberta científica – desde a perspectiva do momento da descoberta em si até o seu entendimento da sua importância globalmente.

Os adolescentes – quatro meninas e um menino – são da ETEC Profa. Dra. Doroti Quiomi Kanashiro Toyohara, de Pirituba, na região Noroeste da cidade de São Paulo.

Você também pode gostar:
Como conscientizar adolescentes da importância de cuidarem bem do dinheiro
Sete erros com dinheiro que cometemos aos 20 anos
8 lições sobre dinheiro para ensinar à sua filha

Rubia Muniz, Giovanna de Oliveira, Mariana Ribeiro, Stephane dos Santos e Pedro Henrique de Carvalho, conseguiram garantir a participação no fórum com a criação do We-SCI, projeto de um aplicativo que conecta jovens do mundo todo para discussões e trocas científicas. Com ele, é possível ficar por dentro das últimas descobertas da ciência e compartilhar conhecimentos. Com o projeto, esses jovens ficaram em 17º lugar na Vai Tec – programa que incentiva inovação tecnológica. A boa notícia é que eles receberão recursos financeiros da prefeitura de São Paulo para desenvolvê-lo.

Entre os estudantes, Rubia conseguiu também uma bolsa de estudos integral no curso de verão da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, ocorrido entre 18 de junho e 2 de julho. “Para participar, ela precisava escolher um tema, que foi Direito, Política e Cidadania, e escrever uma carta explicando por qual motivo gostaria de fazer o curso e como ele contribuiria com sua formação”, explica Eliane Leite, diretora da escola.

adolescentes-pirituba-fórumDivulgação: Etec Profa. Dra. Doroti Quiomi Kanashiro Toyohara.

No ano passado, Rubia e os outros quatro adolescentes que irão ao LIYSF já tiveram uma experiência internacional. Eles participaram, na Índia, da QUANTA, uma competição internacional de ciências, matemática, lógica e eletrônica. Para que possam ir ao LIYSF este ano, a escola precisa arrecadar cerca de R$ 90 mil e qualquer interessado pode contribuir.

Segundo Eliane, a participação dos alunos em um fórum internacional ajuda a ampliar os horizontes de outros jovens, principalmente os de escolas públicas. “É muito divulgado o fracasso da escola pública, as dificuldades dos alunos em matemática, língua portuguesa, mas existe um grande número de escolas e jovens que fazem a diferença. Eles possuem um potencial e uma garra muito grandes, pois conseguem superar todo e qualquer obstáculo para irem atrás de um sonho. Por isso, incentivamos nossos jovens a mostrarem seu talento para o mundo”, afirma ela.

Não importa de onde você vem, se estuda em escola particular ou pública, se tem condições financeiras confortáveis ou não – se tiver determinação e lutar por seus objetivos, eles poderão se tornar realidade e você irá mais longe do que imaginava.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close