Aprenda a planejar sua aposentadoria

Aprenda a planejar sua aposentadoria

A aposentadoria é assunto recorrente no noticiário, mas mesmo ouvindo falar sobre o assunto com frequência, você planeja a sua? Falamos de planejamento bem organizado mesmo, estipulando idade para se aposentar e definindo fontes de renda para manter sua vida de forma confortável.

Se você não faz ideia de como planejar sua aposentadoria, nós vamos te dar algumas dicas para te ajudar a começar! Para falarmos sobre esse assunto, fizemos uma pesquisa com nossas leitoras para saber o que elas pensam a respeito da aposentadoria e com qual idade pretendem se aposentar.

Selecionamos algumas respostas e vamos trabalhar o tema com base nelas!

Viver sem planejamento

“Nunca parei para pensar nisso (aposentadoria) e agora sinto que estou pagando o preço dessa falta de planejamento”

O exemplo desta leitora, infelizmente, pode acabar se aplicando para muita gente. Por mais que você tenha um perfil de pensar mais no agora e não fazer planos, se essa mesma conduta for adotada para cuidar da aposentadoria, seus anos de maturidade podem ficar em maus lençóis. Estabeleça uma meta de idade para se aposentar e a partir daí você poderá traçar um plano para conseguir o que deseja.

O ideal é que você faça uma estimativa de quanto pretende ter mensalmente, ou seja, uma projeção de rendimentos e gastos. Dessa forma, você poderá definir como irá juntar todo o dinheiro que precisa. Se você trabalha em regime CLT, poderá contar futuramente com o retorno da previdência social, mas o ideal é que você tenha mais uma fonte de renda, para que consiga manter ou melhorar o seu padrão de vida. Algumas alternativas são os planos de previdência privada ou mesmo o investimento que estiver mais de acordo com o seu perfil.

aprenda a planejar sua aposentadoria

Aposentadoria e vida ativa

Já sou aposentada. Aposentei-me com 48 anos. Tenho atualmente um canil, que era do meu marido, falecido há um ano e seis meses. Estou pensando em fechá-lo. Não quero parar de trabalhar. Estou pesquisando para abrir um novo negócio com ajuda das minhas filhas. Não pretendo trabalhar em tempo integral, pois faço parte de um grupo de dança da terceira idade que participa de apresentações e competições e tenho ensaios todos os dias, além de aulas e atividades físicas para melhorar o condicionamento corporal

O belo exemplo dado por essa leitora com certeza não corresponde à realidade de muitas de nós. Sabemos que poucas pessoas tem condições de se aposentar na faixa dos 40 anos, mas queremos te ajudar a ter possibilidades de se aposentar mais cedo do que você gostaria. Assim você pode até optar por continuar trabalhando, mas tem mais tranquilidade para investir naquilo que realmente gosta.

Agora que já sabe da importância de se planejar e de fazer uma estimativa do quanto pretende ganhar, é hora de projetar como pretende ter este retorno financeiro. Com base na idade que estabeleceu para se aposentar, faça as contas de quanto tempo você tem para acumular dinheiro. A partir desta relação você vai fazer sua escolha de investimento, medindo o retorno de cada uma das suas opções.

Para te ajudar a fazer essas contas, a nossa dica é usar uma calculadora de aposentadoria desenvolvida pelo portal de finanças Infomoney.

Organizar a vida para pensar no futuro

“Quero conseguir quitar minhas dividas para começar, desde já, a guardar uma certa quantia para tal (aposentar) e pensar em algum bom investimento para isso também”

Essa leitora tocou em um ponto muito importante: como pensar no futuro sem quitar as dívidas de agora? É complicado, certo? Então vamos dar um passo de cada vez. Antes de começar a pensar na sua reserva para uma velhice espetacular, dê uma olhada nas dicas que demos recentemente para se livrar de suas pendências. Se a sua situação ainda não lhe permitir pagar tudo, saiba o que fazer para organizar suas dívidas.

faça um planejamento de sua aposentadoria

Manter os rendimentos

“Já tenho idade e tempo de contribuição, porém se me aposentar agora perco uma faixa de 45% dos meus rendimentos, que inclui salário e gratificações”

O dilema desta leitora também aflige boa parte dos brasileiros. A verdade é que contar apenas com a previdência social significa aceitar uma redução considerável no padrão de vida. E isso ninguém quer, não é mesmo? Com todos os fatores que acabam por reduzir o valor pago aos contribuintes como aposentadoria, vale reforçar o conselho de manter mais uma fonte de renda, seja em aposentadoria privada ou outro investimento.

Na hora de avaliar o retorno financeiro que pretende ter, lembre-se que suas despesas vão mudar ao longo do tempo. Provavelmente os gastos com filhos vão reduzir, em compensação você deve gastar mais com saúde. Claro que esses exemplos apenas mostram algumas mudanças em linhas gerais. Em algumas famílias é muito comum os avós ajudarem a bancar as despesas dos netos, portanto, o balanço desse retorno tem que estar muito alinhado com o seu contexto.

Despesas atuais

“Defino como uma satisfação profissional, onde houve retorno financeiro aceitável para poder escolher parar de trabalhar e viver de renda. Pelo que vejo, se continuar a ter os mesmos hábitos financeiros, não poderei aproveitá-la tranquilamente”

Viver sempre no limite, ou seja, usando toda a renda apenas para manter as contas em dia, sem nenhuma reserva, vai se refletir na sua qualidade de vida no futuro. A questão não é ganhar rios de dinheiro, assim seria muito fácil! Daria para continuar com despesas altas e ainda deixar dinheiro reservado.

O fato é que a realidade de muita gente não é tão simples. Então, para continuar fazendo planos de uma boa aposentadoria, reveja suas despesas e também da sua família. Com mais controle, seu futuro agradece!

E agora, já sabe como vai planejar sua aposentadoria? Conte para nós!

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close