Aproveite os benefícios da carteira de trabalho

Aproveite os benefícios da carteira de trabalho

O regime CLT garante ao trabalhador uma série de direitos que nem sempre são avaliados da melhor maneira pelas pessoas. Muita gente acaba perdendo o emprego sem se informar bem sobre os direitos que têm, conforme prevê a legislação trabalhista. Em outros casos, mesmo conhecendo ao certo os valores que tem a receber, o dinheiro do acerto pode acabar evaporando, se não for feito um planejamento mais criterioso.

Se você trabalha como CLT, o objetivo deste post é te mostrar as vantagens deste regime e como você pode investir seu dinheiro para fazê-lo render melhor. Afinal de contas, a gente nunca sabe o dia de amanhã e o ideal é sempre estar bem preparado para qualquer imprevisto!

O que fazer com o acerto?

Você já pode ter passado pela situação de ter sido demitida repentinamente e encontrar um novo emprego bem rápido, sem precisar gastar praticamente nada da grana que recebeu em seu acerto demissional. Quando é assim, o mais fácil de acontecer é um sorriso largo se abrir e você logo se animar a gastar com várias coisas que gostaria, mas que a conta bancária não permitia, certo?

Se pensou exatamente isso, já sabe que daremos um puxão de orelha! O fato dessa grana a mais ter entrado em sua conta não significa que sua situação financeira se transformou. Se optar por simplesmente aumentar suas despesas, ela vai evaporar sem te trazer nenhum benefício.

Entre as grandes vantagens de trabalhar em regime CLT estão os direitos que protegem os trabalhadores de uma demissão injusta e unilateral, principalmente se for feita sem justa causa. O objetivo da lei é garantir que você tenha alguma estabilidade financeira até conseguir um novo emprego.

No caso de ter a felicidade de encontrar um novo trabalho em pouco tempo, pense no benefício que pode ter futuramente se aplicar o dinheiro do acerto em um bom investimento. Afinal, com uma nova fonte de renda, você fica livre para fazer aquela grana extra crescer e gerar bons frutos!

Investindo seu acerto você ainda se resguarda da possibilidade de ser dispensada do novo emprego após o período de experiência, que normalmente dura três dias. Afinal, nada pior do que sair de um período de fartura para outro de escassez, não é mesmo?

evite gastar todo o acerto da demissão

Uso do FGTS

Entre as verbas garantidas pela lei trabalhista, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço com certeza é o mais visado. Quem tem direito a sacar o montante, pode usá-lo para financiar até 80% do valor de um imóvel! Sendo assim, o ideal para quem trabalha em regime CLT é separar parte do salário para algum investimento, assim você vai poupando dinheiro para ajudar a pagar as prestações que faltarem para quitar a residência, ou mesmo para dar uma entrada maior.

É uma forma de facilitar o acesso à casa própria. Se você tiver sido demitida por justa causa ou pediu demissão – situações em que o trabalhador fica sem direito a sacar o FGTS – não se aborreça! A falta de acesso ao benefício não significa que ele não seja seu. O dinheiro continuará lá guardado, para que você o use  na hora de comprar a sua casa.

Mais chances de melhorar a aposentadoria

Com a carteira assinada você garante que, depois de um certo tempo, vai receber sua aposentadoria pelo INSS. A grande questão é que a maioria dos contribuintes reclamam do baixo retorno. Muita gente se vê obrigada a continuar trabalhando mesmo depois de aposentar ou diminuir o padrão de vida, porque a remuneração cai consideravelmente.

O ideal é que, mesmo com a garantia da previdência social, você se disponha a separar uma certa quantia para pagar uma previdência privada. Assim você tem mais possibilidades de aproveitar a sua aposentadoria de uma forma bem mais agradável!

E você, como usa os benefícios do regime CLT? 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close