As regras básicas para a festa de fim de ano da empresa

As regras básicas para a festa de fim de ano da empresa

Com o fim de ano chegando você certamente mal consegue esperar para o início do recesso. Mas antes do merecido descanso para as festas de Natal e ano novo, tem aquela famosa festa de confraternização da empresa! O evento é organizado para celebrar mais um ano de trabalho e promover harmonia entre os funcionários, mas a festa pode tornar-se motivo de muita polêmica.

Clima de descontração, comida e bebida liberados, a empolgação toma conta da turma do escritório e muitas vezes a falta de limites pode gerar consequências piores no dia seguinte. Para evitar aquele mico na frente dos colegas de trabalho, conversamos com Fabiana Saad, sócia do site Imagem Pessoal.

Pode faltar na festa de fim de ano?

Sejamos honestas: quem nunca ficou morrendo de preguiça de fazer o social na empresa na reta final do ano? Mil coisas para fazer, suas férias estão longe de chegar, você só queria descansar um pouco, mas simplesmente não sobra tempo em dezembro! Seja qual for o seu motivo, fica feio simplesmente não aparecer. “Faltar em uma ocasião assim, só mesmo se for assunto de vida ou morte. Ainda que você tenha outros compromissos inadiáveis, é preciso pelo menos dar uma passadinha para fazer um social”, comenta.

Se você é o tipo de pessoa que não gosta de participar do social da empresa, não se preocupe, não vamos te julgar! Cada empresa tem uma cultura e nem sempre o ambiente de trabalho é agradável para todo mundo. Ainda assim, faça um esforço para seguir a recomendação da Fabiana. As pessoas que estão ali fazem parte do seu convívio, na rotina do escritório você precisa ter um bom relacionamento para que as coisas fluam bem. Marcar presença, ainda que seja por alguns instantes, é uma forma de você demonstrar consideração pelos colegas.

O que evitar na festa?

Se a festa estiver animada, a bebida liberada pode ser uma tentação. O problema é que cair nessa cilada pode ter um preço muito alto! “Bebida solta a língua, diminui as inibições, faz você fazer ou dizer coisas das quais vai se arrepender no dia seguinte. Portanto, beba o mínimo para não parecer careta e só”, ressalta Fabiana.

Passar da conta da bebida é algo que pode acontecer com qualquer pessoa, entre amigos isso pode até virar motivo de piada ou histórias engraçadas. O problema é que no escritório o pessoal não costuma perdoar…ou seja, se você perder o controle em algum momento, seu nome pode acabar no meio das rodas de fofoca, portanto, é melhor evitar o excesso neste tipo de ocasião. Imagina soltar aquele comentário inconveniente sobre seu chefe depois de tomar umas a mais? Saia justa no dia seguinte, na certa!

Quanto ao look para a festa, a regra é a mesma para homens e mulheres: o melhor é optar pelo visual mais sério. Se no dia-a-dia o vestido muito curto não é bem visto no escritório, bem como não pega bem os rapazes trocarem a calça pela bermuda, o mesmo vale para a festa. O melhor é manter a formalidade que o ambiente requer.

Na hora de dançar, manter a discrição também é o tom. “Nada de subir na cadeira ou na mesa, ou mesmo no palco junto com a banda. Dance com discrição e, mesmo assim, não seja a única mulher a fazer isso. Junte-se a suas colegas e, se nenhuma das chatas quiser dançar e você estiver louca para fazer isso, ainda assim deixe para outra ocasião”, aconselha Fabiana.

A festa da empresa também é um momento para deixar de lado as desavenças com colegas de trabalho. “Aproveite para criar novos bons relacionamentos que possam te ajudar a ter um bom 2015 e que possam auxiliar em situações adversas, que fazem parte de todo dia a dia empresarial. Em qualquer corporação, ter aliados faz com que você tenha mais força e possa trabalhar melhor”.

amigo_oculto

Amigo oculto

Tirou seu chefe ou aquela pessoa com quem você não tem nenhuma afinidade? Fabiana indica alguns presentes fáceis de agradar:

  1. Guloseimas caseiras (procure, discretamente, saber antes qual é o gosto do presenteado)
  2. Livros
  3. Acessórios para viagem
  4. Vinhos (vale o mesmo conselho das guloseimas)
  5. Ingressos para um grande evento ou show (descubra as preferências da pessoa)
  6. Acessórios para escritório
  7. Cesta gourmet

Fim de festa

De repente a festa começou a esvaziar? É hora de pegar a bolsa e ir embora! Se ainda estiver animada para curtir o restante da noite, chame uma turma de amigos para curtir uma balada, assim você pode ficar mais à vontade para divertir-se. Ficar na festa da empresa até as luzes se apagarem deixa uma impressão ruim, como reforça Fabiana. “Vai parecer que você não tem vida social e precisa ‘curtir até o fim’ a única balada que apareceu na sua vida. Se for pegar carona com alguém na saída, tenha o cuidado de não fazer a pessoa dar a volta à cidade inteira”, diz.

No dia seguinte à festa, o evento com certeza será o assunto das rodinhas de fofoca. O melhor a fazer é tomar cuidado com o que diz e não se envolver nas conversas maldosas. “Se houve algum tipo de constrangimento, faça de conta que você não viu. Se vierem lhe contar os foras de outras pessoas, não leve o assunto adiante. Um mau momento pode acontecer com todo mundo e um dia pode ser você”, lembra Fabiana.

Também pega mal fazer reclamações sobre o evento. A especialista salienta que pega muito mal reclamar do local, da comida, organização, etc. Afinal, muita gente isso é sinal de desmerecimento com as pessoas que se esforçaram para organizar a confraternização. O evento é pensado para agradar a todos e nem sempre seu gosto será compatível com o da maioria.

Gostaram? Então, boa festa e bom fim de ano!

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close