Busque inspiração e monte seu próprio negócio

Busque inspiração e monte seu próprio negócio

Montar o próprio negócio é um sonho para muita gente. Com esforço, uma grana inicial para alavancar a empresa e organização é possível prosperar. As mulheres que ainda têm receio de se tornarem empreendedoras deveriam se animar com o aumento da ala feminina como empregadoras ou donas de um negócio próprio. Dados de anuário divulgado recentemente pelo Sebrae apontam que as mulheres correspondem a 30% do total de empregadores do país, com mais destaque em participação no setor de comércio.

O estudo aponta ainda que, depois do trabalho assalariado, explorar o próprio negócio é a principal opção dos brasileiros. No universo feminino, são 6,1 milhões de pessoas, o que representa cerca de 31% do número total de empreendedores do país.

Analisando friamente você pode julgar a notícia desanimadora, pelo fato dos homens serem maioria neste cenário. Se tiver interesse em dar uma olhada mais detalhada no estudo, você vai perceber que o grande lance é ver o aumento da participação feminina ao longo dos anos. Para ter uma ideia, a taxa de crescimento de empreendedoras no mercado foi superior à dos homens, com uma média de 2% ao ano contra cerca de 1,3% ao ano no caso da ala masculina.

Quebrando barreiras

Abandone seus medos! O que vai determinar o sucesso de um novo empreendimento é o quanto você se planejou para tornar-se empresária. E quem se vale do argumento que a maternidade acaba interrompendo o sonho de montar um novo negócio, uma reportagem feita pelo Jornal da Globo prova justamente o contrário. Muitas mães se motivam ainda mais a montar o próprio negócio depois da maternidade.

A justificativa é de que, apesar do trabalho intenso para conseguir colocar uma empresa funcionando, a mulher pode ter mais flexibilidade para estar com o filho do que se estivesse em um emprego formal.

monte seu negócio próprio

Organize-se e vá a luta!

Com certeza a decisão de montar um negócio deve ter partido de um bom tempo de análise sobre quais seriam os passos necessários para fazer seu sonho dar certo. Se isso ainda não foi feito, você já começou do jeito errado. É preciso ter muita clareza dos riscos que você terá, para em seguida projetar sua margem de ganhos.

Antes de mais nada, faça uma pesquisa intensa sobre o seu ramo de atuação. Vamos supor que você queira investir em um pequeno restaurante. Não adianta muito abrir um estabelecimento sem diferencial. Estude sua região, os clientes potenciais, qual seu público alvo e reúna essas informações para lançar um negócio diferente no mercado, com algum tipo de novidade. O fracasso em muitos empreendimentos está justamente em insistir em ser apenas “mais do mesmo”.

Concluída sua pesquisa, monte uma planilha para definir como você vai distribuir seu investimento inicial. Ser boa administradora do recurso é crucial, principalmente no início, quando a coisa ainda está ganhando corpo.

Não se assuste se no começo o negócio estiver dando muito trabalho e pouco retorno. Um investimento em uma empresa requer paciência e perseverança para conquistar etapa. Seu trabalho terá o devido reconhecimento quando tiver sido bem difundido e a marca começar a se consolidar.

Conte para nós sua experiência como empreendedora! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close