Com quem você toma conselhos para investir?

Com quem você toma conselhos para investir?

Quando você tem alguma reserva em dinheiro para investir, mas não sabe ao certo como irá aplicar seus recursos, quem é a pessoa que te orienta? Muitas mulheres acabam buscando esses conselhos com seus maridos, namorados, ou mesmo alguma outra figura masculina em casa – um irmão mais velho ou o pai.

Veja bem, não queremos desmerecer a opinião dessas pessoas em sua vida, mas o objetivo aqui é te levar a uma reflexão maior: o que te leva a tomar esses conselhos com eles? Você realmente acha que seu companheiro ou algum de seus familiares são mais experientes no assunto ou toma esses conselhos automaticamente?

Assim como em qualquer ramo de nossas vidas, o ideal é que nossas decisões sejam norteadas por especialistas. Por exemplo, quem nunca pediu uma indicação de dieta com aquela amiga que emagreceu super rápido ou mesmo acabou seguindo alguma encontrada na internet? Mas o ideal seria buscar essa indicação com um nutricionista, certo?

Conselhos sábios

Chegamos então ao ponto que interessa: independente de quem seja seu conselheiro de finanças, você só deve dar ouvidos a essa pessoa se realmente tiver certeza que ela tem conhecimento e bagagem para te aconselhar. Muitas uniões acabam desgastadas pela falta de controle entre a vida amorosa e financeira, bem como os desgastes familiares, em que os problemas relacionados a dinheiro sempre surgem na mesa de jantar.

Deixar que seu marido ou seus familiares apontem a direção na hora de fazer um investimento pode ser desastroso se isso não for feito com cautela. Para avaliar com quem você deve aconselhar-se, vale a pena avaliar alguns critérios.

Seu conselheiro está com as finanças em dia?

Já que você busca uma orientação, nada mais justo que saber como anda a organização da vida financeira da pessoa que vai te aconselhar. Tenha certeza da capacidade de administração e dos critérios que essa pessoa usa para fazer os próprios investimentos.

Qual retorno ele tem anualmente com os próprios investimentos?

Para saber se as escolhas desse conselheiro são acertadas, é melhor certificar-se de como andam os retornos das aplicações que ele faz. Mais importante do que isso, é preciso saber se vocês tem perfis compatíveis na hora de assumir o risco de um investimento. Se você for uma mulher conservadora, muito pouco adiantará querer seguir a mesma conduta de um investidor agressivo e vice-versa.

Quais as intenções desta pessoa?

Veja bem, se eu tenho uma empresa e quero aprimorar minha linha de produção, mas por outro lado estou sem capital para investir, nada mais apropriado do que uma pessoa cheia de dinheiro me procurar para saber o que ela pode fazer com a grana, certo? Então seja cautelosa na hora de tomar seu conselho, tenha certeza de que o conselheiro está interessado em te ajudar e não em te convencer a usar aquele dinheiro para interesses próprios.

Se acontecer de você realmente ficar interessada em um projeto que precisa de investimento e tem potencial de crescimento, já é outra história. O importante é que você fique atenta para não ser enrolada por um bom argumento.

como você toma seus conselhos financeiros?

Busque sua autonomia

Ainda que você não goste de tomar decisões sozinha, é importante que aprimore seus conhecimentos para ter mais autonomia quanto ao seu próprio dinheiro. Se depois de analisar as questões acima você perceber que está aconselhando-se com a pessoa errada, busque um especialista no assunto. Procure um planejador financeiro para te dar orientações – que não seja o gerente do banco!

Paralelamente a isso, procure estudar mais sobre as opções que você tem de acordo com seu perfil, a quantia que pretende investir e o prazo em que planeja ter retorno. Peça até mesmo para o planejador te explicar o embasamento das decisões, em vez de simplesmente te apontar uma direção. Afinal de contas, conhecimento nunca é demais!

 

E você, como toma as decisões sobre seus investimentos? Conte para nós a sua experiência!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close