Comece o seu empreendimento sem dívidas

Comece o seu empreendimento sem dívidas

Dar início a um empreendimento requer muita energia, criatividade e disposição. E temos que admitir, essa empolgação inicial é simplesmente maravilhosa! Sonhos grandes, orgulho de ver a empresa nascendo, pouco a pouco. Os olhos realmente ganham motivo para ficarem brilhando.

A chave para não deixar essa euforia transformar-se em um problema é manter os pés no chão na hora de montar todo o planejamento. O primeiro ano de um empreendimento costuma ser o mais complicado e a origem de uma dívida volumosa. Sem um planejamento correto, todo o sonho pode terminar ralo abaixo.

O início

Nem todo mundo tem capital próprio em mãos para investir em um negócio, seja ele individual ou formado por uma sociedade. Em muitas situações, a saída encontrada é buscar um empréstimo para investir no negócio. Sendo assim, além dos custos de manutenção da empresa, é preciso ter um retorno razoável para pagar o empréstimo. Tudo isso deixa a margem de lucro mais escassa no início. É um processo natural, portanto, é preciso que a empreendedora esteja preparada psicologicamente e financeiramente para passar por esta fase.

O paraíso para qualquer pessoa seria abrir as portas de uma empresa já com a certeza de retorno de 100% do investimento logo nos primeiros meses, mas não é assim que as coisas funcionam. Faça uma estimativa de quanto tempo você levaria para ter o retorno do quanto investiu para a empresa nascer. Isso pode te ajudar a estabelecer metas de faturamento mensais.

Compras

No início das suas atividades vai ser mais difícil ter a noção de como você deverá equilibrar seu estoque de mercadorias. O ideal é que você não faça compras exageradas, tendo em vista que é preciso um certo tempo para conhecer melhor sua clientela e as principais necessidades desses clientes.

Seja ponderada nas primeiras compras, assim você vai fazendo suas reposições de acordo com as demandas. Dessa forma você evita desperdício de mercadoria e economiza dinheiro que pode ser usado para custear suas despesas.

Gastos

Assim como é preciso manter o equilíbrio para comprar suas mercadorias, é bom ser bem rigorosa no planejamento de suas despesas. Além dos gastos fixos, como pagamento de contas, fornecedores, e funcionários, é preciso estar precavida para imprevistos, como manutenção em máquinas ou eventuais problemas no imóvel.

Vendas

Mantenha seus esforços em entender cada vez mais o perfil e as necessidades de seus clientes. Cativar o público é essencial neste momento, para que você mantenha um fluxo de vendas capaz de sustentar todas as despesas de seu negócio. Essa é a base do seu sucesso, fidelizar clientes.

Tenha em mãos um bom plano de marketing e seja flexível para fazer ajustes. Lembre-se que nem sempre a sua ideia inicial será correspondente às necessidades de seus clientes.

 

E você, já teve dificuldades de manter seu empreendimento nos primeiros anos? Conte-nos a sua experiência!

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close