Como colocar minha criatividade em prática?

Como colocar minha criatividade em prática?

Um qualidade que com certeza pode abrir muitas portas na vida de alguém é a criatividade. Pessoas criativas dão vida a tudo que fazem, aprimoram, inventam, enfim, dão cores novas e interessantes a tudo aquilo em que colocam as mãos.

Quem tem a criatividade aflorada, no entanto, normalmente precisa lidar com um revés: o excesso de agitação. A partir do momento em que nasce uma ideia, a mente não para mais de trabalhar e incrementar aquela “semente”. Esse excesso de empolgação pode acabar levando para um caminho frustrante: a impossibilidade de execução do que foi pensado. Ou seja, sua ideia cresce absurdamente, mas não acompanha a realidade e acaba morrendo ali mesmo, no mundo da imaginação.

Bom e se seu esforço para mostrar toda sua criatividade no trabalho está sendo em vão, algo de errado está acontecendo e o nosso trabalho é te ajudar a identificar o que é!

Como você domina sua criatividade?

Tente pensar no seu processo criativo como uma linha cronológica. A partir do momento que nasce a ideia, qual seu próximo passo? Muita gente tem dificuldades para colocar os pensamentos em prática porque não fazem uma associação direta entre o desejo de fazer uma coisa e as possibilidades de tornar aquela ideia concreta.

Enquanto você pensa em algo interessante para criar, é necessário que faça alguns questionamentos durante o processo. Essa ideia é viável? Tenho infraestrutura, mão de obra e dinheiro para essa ideia ser executada? Essa ideia é compatível com a realidade cultural e financeira do meu local de trabalho?

Enfim, ao mesmo tempo em que você dá asas à imaginação, seus pés precisam estar no chão para que a ideia possa sair do papel.

como colocar minha criatividade em prática?

Em que momento você expõe suas ideias?

Um outro defeito que costuma ser comum em pessoas muito criativas é a ansiedade. Muita gente não consegue o ímpeto de soltar logo um “já sei!” quando estimulada a pensar em uma solução para um problema ou a criar algo novo. Antes de mostrar o que está passando pela sua cabeça, pondere e reflita um pouco mais sobre essa ideia. Esse tempo é o que você vai precisar para fazer os questionamentos que citamos acima e avaliar se a ideia é viável.

Ser precipitada ao expor uma ideia pode fazer com que ela caia em descrédito por falta de viabilidade, o que vai causar um sentimento de frustração em você.

Com um tempinho para amadurecer o que você pensou, sua ideia começa a dar os passos certos para tornar-se um projeto. Depois de analisar as possibilidades de realização daquilo que você elaborou, leve a ideia até sua chefia. Com certeza as possibilidades de aceitação serão bem maiores. Você ganha prestígio, reconhecimento e encerra o expediente com satisfação e a sensação de dever cumprido!

 

Te ajudamos? Então bola para frente e coloque sua criatividade para funcionar!

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close