Como conciliar a jornada entre trabalho e estudos?

Como conciliar a jornada entre trabalho e estudos?

Despertador tocando, uma hora para arrumar, ônibus atrasado, trânsito parado, atraso no trabalho. O dia está cheio, o almoço acontece às pressas, entre um email e outro. Fim de expediente, correria para pegar o ônibus e não chegar atrasada para o primeiro horário da aula. Volta para casa, cochilo no ônibus, mal dá tempo de tomar um banho, comer um lanche e desmontar na cama para recomeçar tudo outra vez. Só de ler, já dá cansaço. Mas a rotina é comum na vida de muitas pessoas. Seja para ajudar no custeio dos próprios estudos, ajudar na renda da casa ou adquirir experiência na área de atuação, conciliar trabalho e faculdade não é tarefa simples.

Por mais que seja difícil, é possível equilibrar as duas coisas sem que uma atividade prejudique a outra, mas para isso é preciso ter uma disciplina muito grande. A professora da IBE-FGV especialista em RH, Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching Executivo, Ida Fernandes, conversou com o Finanças Femininas e deu algumas dicas de como conseguir este equilíbrio.

Você também pode gostar: 
10 modelos para pedir contatos no LinkedIn
3 passos para fortalecer sua imagem pessoal na busca por um novo emprego
6 passos para sentir-se mais confiante no trabalho

Áreas de afinidade

Por mais que muitas vezes seja preciso complementar a renda e nem sempre o emprego condiz com a área que a pessoa está estudando, o primeiro conselho da especialista é tentar conciliar os interesses, ou seja, trabalhar em uma atividade que tenha afinidade com o curso estudado. “À medida que a pessoa vai adquirindo conhecimento, ela tem a oportunidade de aplicar aquilo no trabalho. Isso é o ideal em termos de desenvolvimento”, comenta.

Administração do tempo

Para que as atividades se equilibrem, é preciso que cada coisa seja feita a seu tempo. “É comum a pessoa viver na escola os problemas do trabalho e vice-versa, isso acaba prejudicando a produtividade. Se a pessoa não determinar o tempo certo para cada coisa, vai acabar tendo dificuldade para levar adiante os estudos e a carreira sem prejuízo para um dos lados”, comenta.

A estudante de jornalismo Bárbara Demarchi, de 20 anos, sabe como é difícil administrar o tempo de forma equilibrada. Ela está no penúltimo período do curso e faz estágio na agência Tantas Comunicação, na área de assessoria de imprensa. “É difícil encontrar equilíbrio, faço tudo que posso no horário de trabalho, as vezes almoço na frente do computador, mas, no final, uma coisa não atrapalha a outra”, afirma.

Planejamento

Para que seja possível colocar o item acima em prática, a professora Ida Fernandes ressalta a importância de criar um planejamento para gerenciar o tempo com eficácia. “Cuide do que realmente importa, coloque menos tempo nas informalidades, tanto nas aulas quanto no ambiente de trabalho. As pessoas perdem muito tempo com cafezinho, prestando atenção na fofoca do corredor. Estes momentos servem como descontração, mas precisam ser bem administrados para evitar prejuízos na produtividade”, afirma.

trabalho-estudos

Use o tempo livre com sabedoria

Mesmo nos momentos de lazer é possível fazer atividades que enriqueçam tanto a vida acadêmica quanto profissional. A especialista recomenda a leitura de livros que, de alguma maneira, acrescentem boas referências para sua formação. Bem como filmes que estejam ligados à sua área de atuação. “Costumo indicar aos meus alunos filmes que falam sobre liderança, sobre relacionamento em ambiente de trabalho, para que as pessoas possam desenvolver suas potencialidades”, diz.

Organização pessoal

Manter os pertences em ordem é premissa básica para que você não se perca no dia a dia, mas não basta deixar tudo empilhado em um canto sem uma classificação. “É preciso separar um canto para o material da faculdade, outro espaço para o material de trabalho, uma parte extra para um curso de idioma ou qualquer outra atividade parecida, etc”.

Reserve tempo para o lazer

Não deixe que essa vida corrida te engula. Por mais que você diga que não sobra tempo para nada, procure encontrar brechas nos finais de semana e feriados para fazer tudo que você mais gosta. “São esses momentos que dão sentido para todo o esforço de trabalhar e estudar ao mesmo tempo. É preciso separar tempo para essas atividades de lazer, para que você possa sentir-se motivada”, orienta a especialista.

Por fim, ela mostra como as coisas podem funcionar de maneira cíclica. “Pessoas organizadas têm mais habilidades para desempenharem múltiplas tarefas, quem administra bem o tempo, ganha produtividade. Se tem mais produtividade, tem melhores resultados e se atinge objetivos mais satisfatórios, fica mais entusiasmada e mais motivada”, finaliza.

Crédito das fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close