Como escolher o seguro para o carro?

Como escolher o seguro para o carro?

Finalmente chegou a hora de comprar um carro! O investimento em um automóvel, muitas vezes necessário para tornar a vida possível em uma cidade grande, deve ser muito bem planejado, levando em conta não só o valor, mas o custo-benefício de cada modelo. Entre os pontos que devem ser avaliados na hora da compra, um deles acaba ficando de lado ou sendo considerado somente depois que o carro já saiu da concessionária: o seguro.

Pensar nas despesas com seguro apenas como um detalhe significa já começar às avessas. Um bom seguro é o que vai garantir que você tenha os prejuízos cobertos em caso de algum imprevisto. Claro que não tiramos um carro de uma concessionária já pensando em uma batida ou um roubo, mas lembre-se que todo mundo está sujeito a enfrentar situações desagradáveis. Por mais que você se considere prudente e experiente no volante, não dá para prever o comportamento das pessoas com as quais vamos nos deparar no trânsito.

Se você está perdida, sem saber como escolher o seguro do seu carro, vamos te orientar quanto a alguns aspectos fundamentais para a sua decisão.

As pesquisas

Antes de mais nada, faça uma extensa pesquisa de corretores de seguro e também do prêmio estipulado para os modelos que você estiver interessada. Para quem não sabe, o prêmio é o valor que você deve pagar à seguradora para ter o direito de fazer o seguro do seu carro, é uma taxa cobrada para que a seguradora assuma um risco em seu lugar.

Se você não tiver nenhuma referência de corretor de seguros, peça a indicação de amigos e pessoas próximas. Depois de escolher um bom profissional, avalie com ele os prêmios cobrados pelas seguradoras. Neste caso, vale lembrar que esses valores são variáveis de uma empresa para outra.

Transparência no perfil

Vários fatores pesam na hora de estabelecer o valor para o seguro de um carro. O perfil da segurada, a idade, o modelo do carro, a finalidade do veículo, o número de pessoas que dirigem do automóvel, entre outros. Nessa hora, muita gente comete o erro de omitir algumas informações ou mesmo de mentir na hora de montar o perfil.

Se aos finais de semana o seu filho for daqueles que não perde uma balada e normalmente ele usa seu carro emprestado, é preciso que a seguradora saiba disso. É bem provável que o valor do seguro aumente, mas antes arcar com a despesa do que esconder a informação e depois pagar uma conta bem mais salgada!

Em uma situação dessas, caso seu filho tenha a infelicidade de bater o carro, a seguradora com certeza vai investigar tudo que for possível, ou seja, uma fraude pode ser facilmente descoberta e você acaba ficando sem a cobertura necessária. Os seguros normalmente são mais caros para a faixa etária dos jovens (entre 18 e 25 anos). Isso acontece devido ao perfil da idade. Normalmente os motoristas desta faixa gostar de curtir uma farra e usam carro também para ir à faculdade. As seguradoras consideram que o primeiro fator ajuda a aumentar o risco de acidentes durante a madrugada e o segundo faz com que aumente a possibilidade de furto do automóvel, tendo em vista a grande incidência deste tipo de crime no entorno de faculdades e universidades.

não fraude o seguro do carro.

Esqueça a economia mal feita

O objetivo do seguro é ter a garantia de cobertura em caso de um problema, correto? Então não tente reduzir seus custos com cortes que podem acabar te levando a arcar com um prejuízo maior. Muita gente opta por um plano em que roubos e furtos são cobertos, mas não há cobertura para acidentes.

Se resguardar de qualquer tipo de situação inesperada é ainda mais importante se o seu carro também for usado por mais pessoas. Então se você se dispôs a arcar com uma despesa para proteger seu veículo, invista em um plano que faça a cobertura completa.

Por outro lado, na hora de fechar o contrato, é bem possível que te ofereçam um pacote de serviços adicionais. Muitos deles podem ser bem convenientes, mas é importante que você avalie a real necessidade de cada um. Contratar serviços extras sem ponderar o quanto eles realmente serão necessários pode acabar encarecendo muito o valor do seguro.

E você, já teve problemas na hora de contratar um seguro? Conte para nós a sua experiência!

 

 

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close