Como escolher uma corretora para o Tesouro Direto

Como escolher uma corretora para o Tesouro Direto

Na hora de investir no Tesouro Direto muita gente trava no primeiro passo: a escolha de uma corretora. A insegurança, entretanto, não deve impedi-la de começar a investir e conquistar os seus sonhos. Por isso, preparamos este passo a passo com tudo o que você precisa considerar para tomar essa decisão com confiança.

Para começar, vamos falar de segurança…
As corretoras são instituições habilitadas a operar com o Tesouro Direto e são registradas pelo Banco Central e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Quando você compra um título público por meio da corretora, ela apenas faz a custódia dos investimentos, que ficam registrados em seu nome na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC). Isso quer dizer que, enquanto o seu dinheiro estiver investido, você pode ficar tranquila: se a corretora quebrar, você apenas precisará abrir uma conta em uma nova instituição e pedir a transferência da custódia.

Leitura complementar

Investimento para iniciantes

Investimento para iniciantes

Ver mais

Mas é preciso ficar atenta a um ponto: não é aconselhado deixar dinheiro não investido na conta da corretora. A professora dos MBAs da FGV e planejadora financeira, Myrian Lund, explica que, ao contrário da conta corrente, a conta da corretora não tem garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) – uma espécie de “seguro” de até R$ 250 mil em caso de intervenção, liquidação ou falência da instituição. “É recomendado que a pessoa invista o seu dinheiro logo que transferi-lo para a corretora e, após o vencimento, reinvista o valor ou o mande de volta para a conta corrente”, explica.

Dito isso, vamos às dicas.

1) Confira as instituições financeiras habilitadas
No site do Tesouro Direto você pode acessar uma lista de todas as corretoras habilitadas a operar os títulos. Lá são disponibilizadas informações básicas sobre os serviços oferecidos por elas: como taxa de administração cobrada e se elas permitem aplicações programadas, por exemplo. Há também uma lista com as dez corretoras mais ativas em número de transações. “Às vezes as pessoas têm medo de escolher uma corretora e essas informações podem ajudá-las a tomar a decisão”, diz Myrian.

2) Verifique a taxa de administração cobrada
A taxa de custódia, paga à BM&FBovespa, é obrigatória no Tesouro Direto e custa ao investidor 0,3% ao ano sobre o valor dos títulos. A cobrança de outras taxas, entretanto, depende da instituição que você escolher – por isso, é importante ficar atenta ao que se está pagando. Hoje, as corretoras de bancos como o Itaú, Banco do Brasil e Bradesco estão com taxas de administração de 0,5%. Mas há diversas corretoras que não cobram nenhuma taxa de administração de seus clientes. A princípio, essas seriam as melhores escolhas para a investidora, mas para decidir com certeza é preciso avaliar também o item 3.

como_escolher_corretora_interna

3) Calcule se haverá gastos com as transferências
Para investir, você precisará transferir o valor da sua conta corrente no banco para a conta na corretora. Por isso, é preciso avaliar se haverá e qual será o custo com TED ou DOC nessa transação.

Para tentar fugir desse gasto, veja se o seu banco oferece algumas transferências gratuitas por mês, se a corretora tem conta no seu banco ou oferece a opção de repasse do valor por meio de boleto bancário. Outra opção é fazer uma conta digital, que permite à cliente fazer transferências gratuitas para outros bancos.

Se precisar pagar a transferência, Myrian explica que a taxa de administração zero da corretora pode não compensar o custo em um investimento pequeno. Em uma aplicação de R$ 100, por exemplo, o repasse irá lhe custar quase 10% do valor investido.

“Para investimentos menores pode ser melhor ficar na corretora do banco onde você já tem conta corrente. Já para valores mais altos, vale a pena procurar uma corretora independente e fugir da taxa de administração.” Outra opção é manter uma conta nas duas corretoras e, dependendo do tamanho do aporte, variar os destinos.

4) Observe o prazo para repasse dos recursos
Um diferencial importante que a corretora pode lhe oferecer é o prazo de repasse, ou seja, o tempo que a instituição leva para disponibilizar o valor referente à venda ou vencimento do título para você. Diversas corretoras oferecem esse serviço no mesmo dia útil, o chamado D+0.

5) Veja se a corretora permite a aplicação programada
Outra comodidade interessante é a aplicação programada, que permite à investidora, por exemplo, agendar a compra e venda de títulos. Para quem planeja fazer investimentos regulares, essa é uma facilidade. Verifique se a corretora lhe oferece essa opção.

Detalhe importante: você pode trocar de corretora sem custo
Não está contente com o serviço da sua corretora? Pode ficar tranquila, como o seu título fica registrado na própria CBLC, você pode levar os seus investimentos de uma corretora para outra sem custo e sem ter que fazer o resgate para isso.

Outro ponto interessante: além do Tesouro Direto, as corretoras oferecem um grande leque de investimentos, com rentabilidades muito interessantes. Vale a pena conhecê-los e nunca abrir mão de entender as suas opções. “É importante que você sempre faça aplicações baseadas no planejamento, para tirar o máximo de cada investimento”, aconselha Myrian.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close