Como ter uma franquia de sucesso: master franqueada revela segredos

Como ter uma franquia de sucesso: master franqueada revela segredos

Ter uma franquia de sucesso é o sonho de muitas empreendedoras, que enxergam uma boa oportunidade neste modelo de negócio. Porém, se você perguntasse para a master franqueada (profissional que tem autorização para abrir subfranquias) Thais Ramos o que ela almejava há dez anos, a resposta não passaria nem perto – e mal saberia ela que, anos mais tarde, seria conhecida por ter trazido a rede de depilação Não+Pelo para o Brasil e gerir 80 franquias.

Engenheira química de formação, Thais trabalhou por quase 10 anos em multinacionais na área de beleza e bens de consumo. Quando menos esperava, em 2010, surgiu a oportunidade de trazer a rede de depilação – que é espanhola, mas está presente em 13 países – para o Brasil através do convite de sua cunhada, que é franqueada na Espanha.

“Como conheço bem o mercado de beleza, pedi as contas para focar no projeto. Inicialmente, trouxemos apenas uma unidade e fomos abrindo outras aos poucos”, conta.

Pioneira em franquias

Felizmente, a No+Vello (como é chamada na Espanha) já era bem conhecida fora do País. Assim, quando chegou em nossas terras, coube à Thais o esforço de trabalhar intensamente a marca e adaptá-la à realidade brasileira – ou, como ela mesma diz, “tropicalizar”. “Tivemos grande demanda, pois democratizamos a depilação duradoura”, relata.

Aliás, levar este serviço para a classe C foi um dos grandes triunfos de Thais. “Antes, o serviço era muito caro, então, apenas pessoas com condições de pagar clínicas particulares tinham acesso. Hoje, temos lojas até em regiões periféricas”, comemora.

franquia-de-sucesso

Como nem tudo são flores, Thais se viu diante de um conhecido de longa data das empreendedoras: a falta de formalidade. Na época, o setor de franquias ainda não era tão maduro quanto é hoje, então, sua franquia concorria com empresas menos formais. “Porém, por ter vindo de multinacionais, sempre quis ter meu negócio da forma mais correta possível, seguindo à risca a lei de franquias”, enfatiza.

Thais deixou de ser colaboradora de uma grande empresa e passou a ser dona do próprio negócio “Antes, estava tudo ali, eu só precisava trabalhar. De repente, você está sozinha, lutando para crescer. Sou eu que acendo e apago as luzes, pago as contas e faço acontecer”, ilustra.

Toda a dedicação valeu a pena: Thais possui um contrato com a matriz espanhola que determina que todas as lojas abertas no estado de São Paulo estejam sob sua gestão. Isso significa que, das 300 unidades espalhadas pelo Brasil, 80 são comandadas por ela – sendo que cinco são franquias próprias e as 75 demais de outros franqueados.

“Comecei a entender que gosto de gerir e cuidar de pessoas, tanto clientes quanto colaboradores. É muito gratificante ver o desenvolvimento dos outros, não apenas o seu enquanto empresa, mas também daqueles que você é responsável. Tenho a habilidade de transformar conhecimento em processos e passá-los para que outras pessoas o sigam e também tenham sucesso”, completa.

7 dicas para abrir uma franquia de sucesso

Com base em sua vasta experiência com franquias de sucesso, Thais Ramos dá sete dicas para quem deseja lucrar com este modelo de negócio.

1. Identifique-se com o negócio. “Se você não se identifica, não terá paixão pelo que faz. Por exemplo, quem deseja abrir uma franquia da Não+Pelo, precisa gostar de beleza, assim como é necessário gostar de moda para ter uma loja de roupas.”

2. Dedique-se. Não caia na história de que ter uma franquia é mais fácil do que abrir uma empresa do zero. “De fato, ter os processos prontos facilita, mas você ainda terá que correr atrás de muitas coisas para fazer dar certo.”

3. Tenha disponibilidade. “Já tivemos franqueados que trabalhavam em banco quando decidiram abrir a franquia. Apesar da vontade ser genuína, depois de seis meses ou um ano, essa disponibilidade de gerir o negócio passa a não existir, e isso interfere no resultado.”

4. Goste de gerir e atender pessoas. Foi a boa gestão de equipe que permitiu que Thais desse uma pausa para ter filhos. “Uma vez bem treinados, soube que haveria estrutura para a equipe se organizar e seguir meus passos para dar andamento ao negócio”, conta. A empresária lembra que os colaboradores lhe representam na ponta do atendimento, então, é preciso cuidar deles para que eles cuidem bem dos clientes.

5. Capacite-se. Apesar de o franqueador fornecer bastante material, você não pode se acomodar e depender apenas disso – principalmente porque nem todos oferecem tanto suporte. Procure cursos voltados para o ramo e preencha as lacunas de conhecimento. Não é muito boa de Excel? Faça tudo o que puder para aprender! Informe-se também sobre a legislação que rege o sistema de franquias.

6. Enxergue a empresa como sua. Para Thais, o erro que mais leva franquias à falência é quando o empreendedor não se empodera do negócio. “Franquia ou não, você é a dona e, no dia a dia, você que faz acontecer. Se você não entender que ‘o filho é seu’, achará que a franqueadora deve resolver seus problemas e não sem empenhará em fazer a empresa dar certo.”

7. Inspire-se nos franqueados de sucesso da rede. Peça ao franqueador que lhe indique cases inspiradores, que se disponham a conversar sobre suas estratégias. “Pergunte o que ele está fazendo para ganhar dinheiro. Cuida bem dos colaboradores? Faz promoções? Liga para os clientes? Assim, você saberá que, se seguir os mesmos passos, também poderá ser bem sucedida”, entrega.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close