Comportamentos que devem ser evitados no trabalho

Comportamentos que devem ser evitados no trabalho

Conquistar um bom emprego, em que você sinta-se realizada, feliz e bem remunerada não é algo simples. Nem costuma acontecer da noite para o dia. Chegar neste ponto depende de muito esforço e dedicação. E já que é tão difícil atingir essa meta, o ideal é que, além de mostrar competência, você adote uma postura que lhe afaste de problemas.

Sendo assim, vamos falar sobre alguns comportamentos que podem ser familiares para você no ambiente profissional, afinal, nem sempre o clima de trabalho é um mar de rosas…

O importante é que você mantenha seus princípios e que lembre-se sempre que sim, dá para evitar várias situações desagradáveis, ainda que elas insistam em lhe cercar.

A diferença entre interagir e fofocar

Manter um bom relacionamento com os colegas de trabalho é essencial para que a produtividade da empresa não fique prejudicada. Com uma equipe com boa sintonia, as atividades fluem, as pessoas cooperam entre si e os resultados certamente são positivos.

Quem está sempre isolado dos colegas com certeza também terá dificuldade para fazer parte desta sintonia de trabalho. Utilizar intervalos para conhecer um pouco mais os colegas, conversar e também participar de happy hours e confraternizações faz parte do processo para manter uma boa relação com os colegas.

O importante é que você tenha atenção para não passar do limite da interação para assuntos mais desagradáveis, como fofocas e intrigas. Infelizmente isso é um hábito na maioria das empresas. Sempre vai ter um grupinho de pessoas reunidas na copa comentando sobre a última demissão, reclamando de fulano ou criticando um beltrano longe da presença dele.

Não caia na cilada de envolver-se nessas conversas para aproximar-se das pessoas. Se hoje você une-se a um grupo de pessoas para criticar alguém, amanhã poderá ser você o alvo das críticas e fofocas. Muita gente não vê mal nisso, mas quantas vezes já vimos alguém sair prejudicado por causa de conversas infundadas que circulam entre os corredores?

Controle a agitação

Pessoas agitadas têm uma grande dificuldade em permanecerem concentradas durante todo o tempo do expediente. Tirar alguns momentos para distrair e conversar um pouco não é nenhum pecado, todas nós sabemos disso. Afinal, agir de outro modo seria como equiparar-se a robôs!

Mas tudo tem limite. Você já passou pela desagradável situação de tentar fazer uma tarefa e ser constantemente interrompida por um colega que queria uma opinião, depois emendou contando um caso e nunca mais parou de falar? Se a resposta for sim, você sabe como isso é desagradável.

Interaja com os colegas, mas fique sempre atenta para não atrapalhar o andamento do trabalho deles.

comportamentos para evitar no ambiente de trabalho

Fique atenta aos atrasos

Passar um pouco do horário uma vez ou outra é praticamente inevitável. Trânsito ruim, despertador que falha, uma noite mal dormida, enfim, os motivos podem variar.

O problema começa quando você passa a fazer disso um hábito. As vezes por não ter sido advertida nas primeiras vezes ou por observar seus colegas também atrasarem. Não espere ser cobrada para mudar de atitude. Se for preciso chamar sua atenção para que a situação mude, é porque os atrasos certamente já estão incomodando muito e uma lâmpada vermelha de alerta já paira acesa sobre sua cabeça.

Atrasos constantes demonstram falta de comprometimento. Acorde mais cedo, cheque se existe uma rota mais curta para chegar ao trabalho, enfim, programe-se para sair de casa com mais antecedência e evite este desgaste.

Fuja dos “puxa-saco”

Eles pesam a mão na simpatia com os chefes, fazem questão de agradar a todo momento, excedem também nos elogios, enfim, são desagradáveis e pegajosos.

Mas o fato é que muita gente prefere valer-se da bajulação para conquistar prestígio em algum lugar, por mais que isso seja questionável.

Não se iluda, o que vai manter o seu emprego é a sua competência. Se você faz um bom trabalho, tem postura proativa, é uma pessoa com bom relacionamento não só com os chefes, mas também com os colegas de profissão, não é preciso fazer mais nada.

 

E você, conhece pessoas assim no seu trabalho? Como lida com essas situações? Conte para nós a sua experiência!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close