Confira os melhores e piores investimentos de 2016

Confira os melhores e piores investimentos de 2016

Conhecer os melhores investimentos disponíveis no mercado é fundamental para conquistar os seus sonhos. Para ajudá-la a acompanhar as performances e investir com precisão, listamos algumas das aplicações financeiras que mais se destacaram – e também desapontaram – em 2016.

Leitura complementar

Investimento para iniciantes

Investimento para iniciantes

Ver mais

Com a Selic a 13,75% ao ano, a renda fixa ainda apresentou resultados altamente atrativos. Os títulos do Tesouro Direto ocupam as primeiras posições do ranking: com valorização de 47,81% no Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ), 42,94% no Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2025 (NTNF) e 38,69% no Tesouro Prefixado 2021 (LTN).

A Bolsa também se destacou. O Ibovespa, indicador de desempenho médio do mercado de ações brasileiro, fechou o ano com alta de 38,9%. Já os fundos de ações, em média, valorizaram 34,18%.

Na contrapartida, outros investimentos fecharam 2016 com resultado negativo. O ouro teve queda de 12,32%, os fundos cambiais de 15,21%, o dólar de 17,9% e o euro de 21%.

Confira o ranking abaixo:

AplicaçãoDesempenho em 2016 (%)
Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ) 47,81
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2025 (NTNF)42,94
Ibovespa38,94
Tesouro Prefixado 2021 (LTN)38,69
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2023 (NTNF)38,19
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2045 (NTNB)34,50
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTNB)34,20
Fundos de Ações34,18
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2021 (NTNF)32,79
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTNB) 31,42
Fundos de Previdência19,40
Fundos de Renda Fixa14,83
Tesouro Selic 2017 (LFT)14,01
Fundos Multimercados13,86
Poupança8,30
Ouro-12,32
Fundos Cambiais-15,21
Dólar-17,9
Euro- 21

Fontes: Anbima, Tesouro Nacional, BM&FBovespa e Banco Central do Brasil.

* O desempenho dos investimentos não inclui o desconto de Imposto de Renda (IR).

Vale ressaltar que os resultados servem como uma forma de análise para o momento em que você estiver escolhendo um investimento. No entanto, é importante relembrar que antes de escolher suas aplicações pela performance, é preciso levar em consideração seu perfil de investidora. Além disso, no caso dos fundos de investimento, por exemplo, é preciso colocar na ponta do lápis se o que você vai pagar em taxa de administração realmente compensa. Se o percentual for alto demais, sua rentabilidade pode se tornar desvantajosa.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close