Cupom de desconto: 10 dicas para economizar ao máximo

Cupom de desconto: 10 dicas para economizar ao máximo

Quem resiste a um generoso cupom de desconto? Eles são mania nos Estados Unidos – vide reality shows de pessoas que criam estoques de produtos economizando centenas de dólares graças a esse recurso – e, por aqui, vêm ganhando cada vez mais espaço. Porém, para tirar o máximo de proveito, é preciso ser esperta e extremamente racional, do contrário, você poderá até gastar mais do que deveria. Por isso, reunimos algumas dicas que a ajudarão a economizar para valer ao usar cupons de desconto, confira!

1. Pesquise sites

Eles são muitos e, procurando direitinho, dá para achar descontos ótimos. Entre os mais conhecidos, podemos elencar o Cuponomia, Cupom.com, Busca Descontos, Cuponeria, CupoNation e Cuponomize. Não podemos nos esquecer, ainda, dos sites de compras coletivas, como o Peixe Urbano, Groupon e Save Me.

2. Baixe aplicativos

Alguns dos sites citados acima – como o Cuponeria – têm seus próprios apps. Além deles, existem aplicativos mais específicos. Quem deseja salvar uma grana ao comer fora de casa, por exemplo, pode baixar o Pedida de Hoje, Mobo, Restorando e o das redes de fast food China In Box, Mc Donald’s e Burguer King. Para economizar nas compras de supermercado, vale a pena baixar os apps do Pão de Açúcar e Extra, que oferecem descontos personalizados e exclusivos de acordo com os produtos que a cliente costuma comprar. O cupom é aplicado no caixa ao informar o CPF.

3. Cadastre-se em fóruns

Apesar de, hoje em dia, não serem tão usados quanto nos primórdios da internet, eles permanecem vivos e cheios de descontos. Os mais conhecidos na internet são o Adrenaline, mais voltado para tecnologia e jogos, e o Hardmob, onde é possível encontrar um amplo leque de produtos em promoção.

cupom-de-desconto

4. Inscreva-se em newsletters

Para fidelizar os clientes, muitas lojas oferecem cupons exclusivos para quem opta por receber as novidades por email – em algumas, o simples ato de se inscrever já garante o desconto de 10%. No entanto, todo cuidado é pouco: as newsletters costumam ser recheadas de tentações, que podem levá-la a comprar impulsivamente. Para adotar essa estratégia, certifique-se de que seu lado consumista está sob controle.

5. Lembre-se dos cupons físicos

Eles são uma febre nos Estados Unidos e, aos poucos, vêm ganhando espaço por aqui. O supermercado Dia, por exemplo, emite cupons no caixa a cada compra realizada. Já na drogaria DrogaRaia isso é feito no balcão, ao pedir um remédio. Outra opção para quem é de São Paulo é o livro Dois por Um, que reúne 83 passeios a dois onde apenas uma pessoa pagará. Os criadores garantem que os descontos representam uma economia de mais de R$ 5.000, se contabilizar todas as atrações.

6. Use as redes sociais

Não faltam grupos, páginas e perfis no Facebook, Twitter e até Instagram que divulgam cupons para quem não perde um desconto. Eles vão além da aquisição de produtos e chegam no setor de serviços, como as páginas dedicadas a postar cupons de apps de transporte particular.

7. Cuidado com a impulsividade

É difícil se controlar ao ver um super desconto. Porém, assim como acontece nas liquidações, é preciso tomar cuidado. Nada de comprar algo só porque você tem um cupom em mãos – adquira apenas o necessário. Não deixe que isso seja uma desculpa para consumir mais.

8. Certifique-se de que é um bom desconto

Raramente a loja oferecerá o tão desejado “70% OFF”. Muitas vezes, trata-se de um modesto desconto de 5%. Neste caso, será que vale a pena comprar naquela loja? Pesquise o preço em outros locais e veja se o cupom realmente justifica a compra. O mesmo vale para serviços, como transporte particular.

9. Se possível, acumule descontos

Se você utilizar o cupom em um produto que já está em promoção, economizará em dobro. Apenas confira se isso é possível, uma vez que muitos estabelecimentos não permitem descontos acumulativos.

10. Fique de olho nas pegadinhas

São muitos os casos em que os cupons possuem algum tipo de condição de uso – por exemplo, é preciso fazer uma compra com valor mínimo, ou apenas produtos de determinada marca entram na promoção. Observe esses pontos e, só então, avalie se vale a pena efetuar a compra. Também é indicado conferir os preços em outros estabelecimentos, pois eles podem ser mais atraentes mesmo depois de aplicar o desconto.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close