Dicas de compra nas liquidações internacionais

Dicas de compra nas liquidações internacionais

Viajar já é uma delícia. São dias de descanso em que fica perto da família, sem preocupações e desliga (um pouco) da rotina. O período serve como combustível para conseguirmos tocar tudo na nossa volta. Muitas famílias brasileiras aproveitam as férias de julho para viajar ao exterior, pegar tempo quente e, de quebra, sair para comprar. Maravilha! Mas com os preços baixos lá de fora, o que vale a pena trazer de volta para o Brasil?

Tudo bem que é uma oportunidade ótima de comprar tudo que quer por um preço camarada. Só não perca a noção, faça dívidas que não pode pagar e lembre-se da tributação brasileira. Para todas as pessoas com mais de 16 anos tem um limite de US$ 500. Se ultrapassar, deve declarar o excesso e pagar 50% do valor excedente.

O montante é relativamente alto, porque desde outubro de 2010 objetos como celular, máquina fotográfica, relógio, roupa, sapato e cosméticos não precisam ser declarados – eles contam como objetos de uso pessoal. Mesmo assim, se tiver equipamentos com valor alto e que for levar consigo na viagem, leve nota fiscal. Assim evita confusões na alfândega.

Equipamentos eletrônicos
Diferentemente daqui do Brasil, o preço dos equipamentos eletrônicos são bem baratos lá fora. Dependendo da sua necessidade, vale a pena comprar. Porém, não vá fazer a besteira de trazer um item eletrônico para cada um da família. Tem limites: por exemplo, câmera de filmar só pode ser duas por pessoa, enquanto notebook e videogame entram na declaração de US$ 500. 

Relógios
Finalmente você vai ter aquele Michael Kors que suas amigas do escritório tem! Por mais que seja um item de uso pessoal, só é permitido trazer três por pessoa. Nada de comprar um monte para fazer muamba aqui no Brasil. Compre os modelos que quiser, mas respeite o limite.

Vestuário
Roupa, sapato e tênis não entram na cota. Fique esperta, porque as peças devem ser condizentes ao passageiro. Então, nem pense em lotar sua mala com tênis da Nike número 43, se calça 37. Você corre risco de se dar mal. Compre no máximo três de cada tipo ou modelo, ok?

Cosméticos
Essa é para as mulheres que adoram se maquiar! Os produtos não entram na cota. Use o bom senso e só traga o que realmente for necessário para você. Não ultrapasse o limite e compre no máximo 10 coisinhas. É suficiente para manter linda! 

Bebida
Já no Duty Free vai sacar a diferença dos preços. Só pode trazer do exterior até 12 litros de bebida, mas que podem ser somadas às 24 garrafadas compradas no Duty Free. Aproveite para trazer aquelas bebidas que aqui são carérrimas ou diferentes.

Boas compras, aproveite a liquidação e evite exageros. Mantenha o controle dos gastos, porque quando voltar não adianta chorar o leite derramado. Em transações feitas pelo cartão de débito e crédito são cobrados valores do IOF. As vezes acaba não compensando…

O que pretende comprar na viagem?

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close