Dicas para não falhar na atualização do currículo

Dicas para não falhar na atualização do currículo

Está sem emprego ou decidiu pedir demissão onde trabalha? Então é hora de atualizar seu currículo para seguir em busca de um novo trabalho! Este período normalmente é marcado por uma certa ansiedade, mas o importante é que você mantenha a calma, seja determinada e que faça a sua parte para as coisas se encaminharem da melhor maneira.

Mudar de emprego pode ser revigorante para nós. Um novo ambiente, novas perspectivas e metas. Para que as coisas fluam de uma forma positiva, é muito importante que você saiba “vender seu peixe” e que também seja muito precisa na hora de colocar as informações no currículo.

Por isso mesmo é que nós escrevemos este post, para te orientar a não deixar passar algumas mancadas que podem te eliminar de cara em um processo seletivo.

Informações básicas

Como já dissemos, ficar ansiosa enquanto procura emprego é normal, mas não deixe que essa ansiedade faça com que você cometa erros bobos, como deixar de certificar-se que suas informações pessoais estão corretas. Confira o endereço, os telefones e o email que você colocou na última versão salva de seu currículo.

Se atualização for feita às pressas, você pode acabar deixando passar algumas informações que são cruciais, como um número errado, por exemplo. A sensação do empregador, nestes casos, só não é mais frustrante que a sua. É como ser desclassificada em uma prova de concurso por uma questão que você sabia, mas acabou marcando a opção errada.

dicas de como atualizar o currículo

Experiência profissional

Confira com cautela o período em que trabalhou em cada uma das empresas que constam no seu currículo. Seja precisa na descrição do tempo em que permaneceu em cada local. Além disso, não omita locais de trabalho na descrição, você pode até ficar tentada a fazer isso, principalmente se tiver ficado pouco tempo em alguma empresa.  A questão é que as informações que você presta no seu currículo serão checadas na sua carteira de trabalho ou mesmo no colhimento de informações de referência.

Entrevista

É aqui que entra aquele incômodo frio na barriga. Qual a melhor maneira de participar de uma entrevista de emprego? Falando muito? Falando pouco? Mostrando um lado mais ponderado ou mais ousado? Bom, a verdade é que não existe resposta exata para essa pergunta.

O melhor conselho que podemos dar é que você faça como os budistas e opte pelo caminho do meio, ou seja, siga pelo meio termo. Controle a ansiedade e haja com naturalidade, controlando os impulsos se começar a falar muito e também esforçando-se para esconder a timidez, caso você seja uma pessoa muito comedida.

Bom, feita a sua parte, confie na sua competência e seja paciente, um emprego novo logo, logo irá chegar!

 

E você, já enfrentou problemas em relação a seu currículo? Conte-nos a sua experiência!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close