Dicas para ser uma boa estagiária

Dicas para ser uma boa estagiária

Vida de estagiária não costuma ser fácil. Além da pressão de aprender as tarefas e causar uma boa impressão, tem ainda a vida acadêmica a mil (a situação fica ainda mais crítica nos últimos períodos da faculdade). Bom, mas para que a vida profissional comece bem assim que você tiver seu diploma em mãos, é melhor dar a um estágio promissor o mesmo valor que você dá à sua bagagem teórica.

E se você está cursando a faculdade mas ainda nem pensa em fazer um estágio, é melhor rever essa situação o mais rápido possível. Em todos os cursos existem mais de uma opção de atuação no mercado. Então antes de entrar de vez na disputa por uma vaga, o ideal é que você experimente estágios diferentes, para saber qual área tem mais afinidade com as suas habilidades. Acredite, basear-se somente no que você ouve em sala de aula não é suficiente para determinar sua escolha. O ideal é aliar a bagagem teórica com a prática.

Além disso, terminar o curso sem ter estagiado em nenhum lugar já lhe retira alguns pontos na hora de encarar a competição no mercado de trabalho. Confira algumas dicas para ser uma boa estagiária e começar bem a sua trajetória profissional.

Não fuja do trabalho

É bem possível que te encham de tarefas (nem sempre muito legais), que você mal tenha tempo para respirar e as vezes precise passar do horário no estágio. Não é preciso que você tente transformar-se em uma máquina para dar conta de tudo, mas dê o seu melhor sempre. Não tenha medo ou vergonha de pedir ajuda e mostre que é uma pessoa proativa.

Lembre-se que você está dando seus primeiros passos e que é importante zelar pelo seu nome, portanto esforce-se para deixar uma boa impressão no local de trabalho.

Dicas para ser uma boa estagiária

Aprenda com tudo que puder

Em algumas situações você pode acabar sentindo-se incomodada com as tarefas que faz, achar que não tem muito a aprender com o que está fazendo. Mas a verdade é que as coisas não são bem assim. Não menospreze suas atividades e, quando já tiver pleno domínio de tudo, procure sempre aprender mais do que lhe foi ensinado.

Observe seus superiores, peça para acompanhar alguns procedimentos, ofereça ajuda nas situações em que for preciso e aproveite o ambiente para tirar suas dúvidas.

Relacionamento

Você vai perceber que os colegas de trabalho dividem-se entre os mais isolados e os mais extrovertidos. Procure estabelecer um meio termo. Não isole-se a ponto das pessoas não lembrarem de você quando seu contrato encerrar e nem distraia-se em brincadeiras e conversas a ponto de prejudicar seu rendimento.

O ideal é que você tenha um bom relacionamento com o máximo de pessoas que conseguir, converse com todos, mas seja cautelosa quanto à sua concentração. Conversar com as pessoas e mostrar um bom trabalho é o melhor caminho para ser lembrada na hora de um processo seletivo.

Pense a longo prazo

Vamos supor que você entrou em uma empresa que sempre sonhou em trabalhar e manteve grandes expectativas de ser contratada, mas infelizmente descobriu que o local não abriria vagas. A empolgação e o gás para o trabalho então vão logo para o buraco, correto? Não, errado.

Ainda que você não consiga garantir sua permanência, o seu maior trunfo é o networking gerado naquele local. Você pode não ser contratada naquele momento, mas se fizer um bom trabalho certamente será lembrada pela equipe em outras oportunidades ou mesmo em caso de abertura de vaga em outro local. Afinal, você só tem a ganhar sendo uma boa profissional!

 

E você, como encara seu estágio? Conte para nós um pouco mais sobre sua experiência profissional!

 

 

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close