Empresa promete limpar o nome? Tenha cuidado

Empresa promete limpar o nome? Tenha cuidado

Na hora de limpar o nome, há diversas empresas que prometem intermediar a negociação da consumidora com o credor – e outras que prometem soluções milagrosas também. Por mais que haja vontade de resolver logo esse problema, na hora de decidir (ou não) contratar esse serviço é preciso ficar muita atenta à idoneidade da empresa.

Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em 60% dos casos as empresas não resolvem o problema pelo qual foram contratadas. A pesquisa ouviu mais de 600 pessoas que estavam ou estiveram inadimplentes nos últimos 12 meses, em todas as regiões do País.

W.* foi vítima de um desses golpes. A cabeleireira de 23 anos teve contato com o “profissional” por meio de um grupo de Facebook. Seu anúncio prometia a retirada do cadastro de inadimplentes após um dia e pagamento de R$ 49,90 – um valor promocional. Depois de algumas mensagens trocadas por e-mail, de depositado o dinheiro e enviado o comprovante, ele nunca mais apareceu.

Alguns cuidados antes de escolher uma empresa para limpar o seu nome:

1) Antes de tudo, procure o credor

Primeiramente, é preciso ter consciência de que não é necessário buscar uma empresa intermediária para limpar o seu nome. Segundo o SPC Brasil, o melhor caminho para sair do endividamento é negociar diretamente com o credor. Dessa maneira, você poderá pedir descontos e encontrar a melhor forma de pagamento para o seu bolso. Além disso, não precisará pagar nada a mais por isso: todo o dinheiro empregado na negociação realmente irá para a quitação da dívida.

empresa_limpar_nome_2

2) Fuja das soluções milagrosas

Se, ainda assim, você quiser contratar uma empresa, é preciso confirmar sua idoneidade. Se alguém estiver oferecendo uma solução milagrosa – por exemplo, que não envolva renegociação com o credor e pagamento da dívida -, não acredite. Muito provavelmente, trata-se de uma fraude. Para que o seu nome fique limpo é imprescindível que haja renegociação dos débitos em atraso.

3) Peça um contrato

No entanto, existem empresas sérias que fazem a intermediação por você. Se esse for o serviço oferecido, o próximo passo é solicitar um contrato dizendo, por exemplo, quanto custará, como será feito, em quanto tempo será feito e qual será a forma de pagamento.

Outro ponto importante é saber quais serão os procedimentos caso o serviço não seja feito: nesse caso, você receberá o seu dinheiro de volta? A pesquisa do SPC coloca que 37% dos entrevistados que não tiveram o nome limpo pela empresa não conseguiram recuperar o dinheiro e outros 34% receberam apenas parte da quantia colocada.

Leitura complementar

Plano para Quitar Dívidas

Plano para Quitar Dívidas

Ver mais

3) Exija prestação de contas

Além do contrato, é preciso que a empresa preste contas a você do serviço que foi realizado. Peça os comprovantes de todas as despesas e a documentação que foi apresentada aos órgãos responsáveis. Só assim você poderá saber se o serviço foi realmente realizado.

4) Consulte os cadastros de inadimplentes

Por fim, é preciso que você acesse os cadastros de proteção ao crédito e verifique se, realmente, o seu nome foi limpo. Depois da quitação ou pagamento da primeira parcela da dívida renegociada, o nome da consumidora deve sair do cadastro em até cinco dias úteis. Se isso não ocorrer, o serviço não foi realizado adequadamente pela empresa contratada.

* o nome foi ocultado para preservar a fonte.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

marianaribeiro

Mariana Ribeiro

Jornalista com sotaque e alma do interior. Longe das finanças, passa o tempo atrás de música brasileira, rolês baratos e ônibus vazios. Acredita que o mundo seria outro se as pessoas tentassem se ver.
Fale comigo! :) mariana@financasfemininas.com.br

close