“Está na hora de mudar de emprego?”

“Está na hora de mudar de emprego?”

Em alguns momentos da nossa vida profissional é inevitável que o desânimo apareça de alguma maneira. Falta de novidades, insatisfação com as funções exercidas, entraves no relacionamento com os chefes e colegas de trabalho, enfim, são muitos os fatores que podem influenciar negativamente em nosso desempenho.

O grande problema é que nem sempre tomamos providências de imediato, diante do quadro de insatisfação. As consequências são estagnação ou mesmo a demissão de um modo indesejável. Por mais que muitas vezes nem notemos as mudanças de comportamento quando estamos insatisfeitas, vale a pena ficar mais atenta a alguns sinais e buscar um reflexão sobre nossas vidas profissionais.

Você não tem vontade de sorrir

A lembrança de seus primeiros meses na empresa vai ficando vaga, mas naquela época você costumava sorrir ao desejar bom dia aos colegas ou mesmo quando ouvia alguma piada, mesmo se não tivesse lá tanta graça. Agora o sorriso fica escondido em algum lugar que nem você mesma conhece, o bom dia sai da boca travado entre os dentes, sem vontade mesmo.

No lugar das conversas descontraídas nos intervalos para fumar ou tomar um cafezinho, vem o silêncio, a expressão facial fechada e a antipatia dos colegas. Mudanças de comportamento tão drásticas demonstram claramente que algo mudou radicalmente. O que aconteceu com você e o que houve com essas pessoas para que você perdesse o interesse nas relações desta maneira? Avalie o mudou neste tempo e pense se é possível reverter essa situação.

Cuidado para não descontar nos outros as suas próprias insatisfações. De repente o que está te deixando para baixo é uma promessa não cumprida de aumento de salário, mudança de funções ou outras determinações  que dependem somente da chefia. Por mais que você tenha suas razões para estar aborrecida, lembre-se de que seus colegas não são culpados, portanto, não é justo descontar neles o mau humor.

qual a hora certa para mudar de emprego?

Falta de proatividade

Quando somos novatas em algum emprego, demonstrar dedicação e boa vontade são fatores fundamentais para ganhar segurança e estabilidade. Aos poucos, aquela garra inicial vai dissipando-se e é preciso ter atenção. Como é a sua postura no trabalho? Você tem prazer em fazer suas tarefas?

Se a resposta for não, está mais que na hora de procurar algo que te satisfaça e devolva o prazer em trabalhar. Os sinais de que não estamos tão interessadas em um emprego são os atrasos constantes, a falta de disposição em atender clientes, telefonemas, resolver problemas, falta de comprometimento com prazos…

Negatividade

Das poucas vezes em você sente vontade de conversar com algum colega, o tema é certo: reclamar da empresa. Se a conversa flui eternamente quando o assunto é esse, é sinal de que aquele ali não é mais o seu lugar. Pior ainda se os seus colegas estiverem na mesma sintonia. Tudo perde a graça, chegar ao local de trabalho fica cada dia mais difícil e você sente-se numa repetição diária, sem perspectivas de ver dias diferentes.

Quando o ambiente de trabalho não traz mais possibilidades de te trazer avanço, é sinal de que você mesma é que terá de buscar novas alternativas. Tudo bem, abrir mão de um emprego não é fácil. Aliás, quanto mais tempo no local, mais difícil fica. Mas a questão é que, se por um lado o comodismo oferece a vantagem do mínimo esforço, por outro ele te aprisiona no tempo. Sem tomar uma atitude, o mais provável é que você veja seus amigos crescendo, mudando de vida, enquanto você permanece no mesmo lugar.

Pense bem em como tem sido sua vida profissional e acredite nas transformações! Em um novo emprego, você irá sentir-se disposta e com motivação para crescer!

Busque sua satisfação profissional e vida de um jeito mais alegre! 

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close