Famílias brasileiras estão mais endividadas

Famílias brasileiras estão mais endividadas

Com a facilidade de crédito, muita gente ficou atolada em dívida. Atire a primeira pedra quem nunca fez algumas compras parceladas e acabou perdendo o controle. O importante é passar por essa situação, aprender e daqui para frente fazer o máximo para se manter no azul.

No mês de julho de 2013, o número de brasileiros endividados aumentou para 65,2%. Esse é o porcentual de famílias que relataram ter dívidas entre cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro, segundo uma pesquisa desenvolvida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Você está entre elas?

Segundo os dados da  Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), confira as cidades com os maiores números de famílias endividadas:

Curitiba – 88%
Florianópolis – 82%
Maceió – 77%
Palmas – 75%
Cuiabá – 75%

Portanto, se você fizer parte deste grupo, fique em alerta! Veja quais são as três principais características do perfil das famílias brasileiras endividadas:
–  A renda familiar é de até 10 salários mínimos
– Compram muito no débito e no cartão de crédito
– 29,0% das famílias endividadas estão comprometidas com débitos por até três meses

Mesmo com esse problema financeiro, não desanime. Acredite, porque você é capaz de acabar com todas elas. Não adianta ser desesperada e deixar a impulsividade ser o sentimento para resolver as coisas. Primeiro você precisa identificar qual é o tamanho do rombo no seu orçamento. Em segundo lugar, vá até seus credores e renegocie. Por fim, bole uma estratégia para pagar suas dívidas e honre todas as parcelas. Só assim terá seu nome limpo novamente e conseguirá trabalhar melhor com sua renda.

Boa sorte! Quais são as suas dúvidas?

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close