Finanças, a maior causadora de divórcios

Finanças, a maior causadora de divórcios

Um relacionamento já é difícil por vários fatores complicadores. Percebemos pelos comentários das nossas leitoras sobre a dificuldade que têm em conversar com seus maridos sobre finanças. É o seu caso? Normalmente, o assunto é tratado como tabu na relação e sempre gera algum tipo de conflito entre o casal.

O jornal britânico Daily Mail desenvolveu um estudo e conseguiu comprovar que o assunto é mesmo polêmico. A equipe acompanhou 4,5 mil casais por vários anos da vida e, na pesquisa, descobriram que as finanças causam um stress enorme, sendo um dos principais motivos para o divórcio.

Os casais que brigam por dinheiro têm mais chances de se separarem, se relacionado com outros que discutem por sexo, crianças e sogros. Acredita? Segundo uma pesquisa da Kansas State o problema é que nas brigas causadas por dinheiro, todas as reações são mais fortes e duram mais tempo.

Para evitar problemas
Aqui não tem segredo, é só falar. Você pode tornar o assunto mais agradável. Por exemplo, quando quer ter uma noite mais quente com seu amor, você se prepara toda. Coloca uma lingerie especial e se perfuma inteira. Que tal fazer a mesma coisa para falar de finanças? Fique sedutora, abra um vinho e papeie numa boa e sem stress. Se o clima começar a ficar pesado, mude de assunto, acalme os ânimos e, depois de estarem relaxados, voltem ao assunto.

Aos poucos você e seu marido estarão falando disso de uma forma mais livre e tranquila. Acredite, tudo vai ser diferente e muitos problemas poderão ser evitados.

Você passa por esse problema? Compartilhe conosco.

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close