Homens x Mulheres: As 5 principais diferenças financeiras

Homens x Mulheres: As 5 principais diferenças financeiras

Uma coisa é fato – os homens são diferentes das mulheres. Essas características não são só fisiológicas, como também comportamentais. Nenhuma de nós está aqui para julgar quem é melhor que quem. Afinal já estamos cansadas em competir com os homens, até mesmo porque estamos estudando mais e consequentemente conquistando melhores posições nas empresas. Não queremos ficar na briga: é muito mais gostoso fazer as pazes.

Depois de muita luta e esforço, já conseguimos desvincular a imagem de que a mulher que trabalha fora é uma pessoa exausta, enlouquecida com as tarefas e também descabelada. Hoje temos o poder de organização e lidamos melhor com a rotina de trabalho, sem stress. É um mérito só nosso: a adaptação! Agora e de resto? Com certeza tem muitos aspectos nos quais nos sobressaímos e que mostram bem a diferença entre nós.

O HSBC fez uma pesquisa e encontrou novas características das mulheres bem legais. Veja quais são elas, reconheça essas e outras qualidades e seja uma boa profissional:

Aposentadoria: Poupe hoje e conquiste conforto futuramente. Esta é a regra de uma velhice tranquila e segura. Já parou para pensar nisso? “Independente de gênero, os brasileiros têm dificuldade de se preparar adequadamente para a aposentadoria. A maioria opta pelo curto prazo e depende do Estado como provedor”, afirma Gilberto Poso, superintendente executivo de Gestão de Patrimônios do HSBC.

Mas melhor tarde do que nunca, concorda? Se você tem uma certa preguiça de pensar no seu futuro, saiba que não é a única. De acordo com a pesquisa, nós costumamos a nos preocupar com a aposentadoria por volta dos 27 anos. Já os homens só pensam nisso pra lá dos 29. Quanto antes começar a se preocupar, melhor será para você. A contribuição será menor e o retorno, o ideal para a sua idade.

Remuneração: Por natureza somos pessoas que buscam o equilíbrio em tudo. Ou seja, se a carreira vai muito bem, mas se a vida familiar ainda tem dificuldades, parece que não estamos completas. Certo? O estudo indica que isso é fato! Para a mulher, ser bem remunerada é ter mais tempo. Assim fica inteira inteira para curtir a casa, a família ou os amigos. No caso deles, o negócio é mais frio, sendo mais importante a realização financeira.

Caso ainda esteja tentando encontrar o equilíbrio na sua vida, coloque tudo numa balança e faça uma reflexão. Será que não está trabalhando demais? Você se culpa por passar mais tempo do que deveria curtindo seus filhos? O que os momentos em família e no escritório representam para você? Aos poucos você vai encontrar o meio termo e estará completa! Não estamos dizendo que tem uma regra para tudo mundo, ou que as mulheres devem ficar mais em casa. Pelo contrário! É a qualidade dos momentos que importa, assim como as escolhas que só você pode fazer para priorizar o que realmente importa. Carreira ou filhos – a opção é sua. E não precisa ser só uma!

Dívida: Vamos supor que a situação saiu do controle e você entrou no negativo. Um sinal de alerta deve piscar! Tenha cuidado para não se desorganizar e assumir dívidas que você não é capaz de pagar. Esta situação não é normal e nem deve ser tratada com superficialidade. Caso isso esteja acontecendo com você, é preciso tomar decisões drásticas e mudar! Faça uma planilha, liste todos os seus gastos e poupe. Isso é quase mecânico!

Normalmente, quando o cerco aperta e a grana fica curta, as mulheres pedem ajuda dos familiares. De fato, você tem que buscar alternativas para resolver a sua situação, mas jamais deve causar problemas para outra pessoa. Cuide bem para ser responsável com o pagamento das suas parcelas, sejam elas para o banco ou para um familiar. Já os homens são mais orgulhosos e buscam usar o próprio patrimônio, através de vendas dos próprios bens. Isso também não é 100% seguro. Estude bem a sua situação com os pés no chão!

Feminilidade: Terno e gravata é conhecido mundialmente como o uniforme de homem em escritório. Assim que fomos inseridas no mercado, nossas roupas seguiam essas regras e nós acabávamos ficando “masculinizadas”. De uns tempos pra cá, o chique agora é ser feminina. Repare, quando a mulher mantém a feminilidade sem sair do código do escritório, essas características ficam muito mais poderosas!

Aplique isso em si. Por mais atarefadas que esteja, reserve um tempinho para você. Pare alguns segundos do seu dia para ajeitar o cabelo e passar um batom. São pequenos toques que mudam a configuração do seu dia. A partir do momento que se cuidar mais, terá mais prazer em ser vista e estará automaticamente segura. Afinal, não tem nada melhor do que estar bem vestida e se achando linda, não é?

Viagem: A ideia de que a mulher é frágil e delicada está no passado! Até mesmo porque, segundo a pesquisa, homens estão mais reservados e preservando o tempo com sua família. Já a mulher, por mais prazer que tenha ao lado de seus familiares, agora quer se arriscar. Quem aí não sonha em fazer longas viagens e vivenciar novas experiências ao lado de quem a gente mais ama?

É o sonho de muitas de nós e, acredite, pode ser realizado de uma maneira bem mais simples do que você imagina! Se você se planejar e ficar organizada financeiramente, num piscar de olhos estará planejando uma viagem de férias. Dependendo do destino, o futuro lhe reservará novas descobertas e aprendizados. Então, se este é o seu sonho, vá em frente e concretize a sua vontade!

 

Você se reconhece em alguma delas?

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close