Mulher de 28 anos é cotada para suceder Warren Buffett

Mulher de 28 anos é cotada para suceder Warren Buffett

Warren Buffett é um dos maiores investidores do mundo. Desde jovem, ele teve bons desempenhos nos negócios e hoje reúne uma fortuna estimada em US$ 53 bilhões – ele é o terceiro maior bilionário do mundo, segundo a pesquisa da Forbes de 2012. Só que ele está com 82 anos. Por causa da idade, o burburinho é que procura alguém para sucedê-lo. Desde 2009, Warren parece ter encontrado a pessoa certa – só que ela não segue os padrões imaginados pelo mercado financeiro. Tracy Britt, a nova queridinha dos negócios de Buffett, tem apenas 28 anos – e a gente comentou que ela é mulher?

Por mais que Tracy Britt seja relativamente nova, tem um currículo de peso. Talvez seja isso e a maneira de gerir o negócio o que fizeram com que Warren Buffett a treinasse para desenvolver suas funções. Atualmente, ela é assessora do empresário em sua firma Berkshire Hathaway, EUA. Segundo as notícias, Tracy Britt é muito capaz. Seu crescimento foi reconhecido logo nos primeiros anos em que começou a trabalhar na empressa de Warren Buffett. Em pouco tempo, ele a indicou para compor o conselho de quatro empresas que fazem parte do portfólio da Berkshire Hathaway. Além disso, ajuda Warren com pesquisas de finanças, frequenta reuniões e circula com ele pelas ruas. Bacana, né?

Obviamente ela não chegou lá porque tem apenas um rostinho bonito e, sim, porque estudou muito! (Mas ela é uma graça, a foto explica tudo). Fez faculdade em Harvard – uma das principais universidades do mundo e que forma excelentes profissionais – e tem MBA pela Harvard Business School. Já deu para sentir que ela não é fraca… Profissionalmente, adquiriu boa experiência logo no começo da carreira, como presidente da Harvard Undergraduate Women in Business (HUWIB). Ao se formar, trabalhou em dois dos maiores bancos do mundo, o Bank of America e no Lehman Brothers (falido em 2008 no auge da crise financeira).

Para contrapor a imagem de uma executiva de negócios bem sucedida (e chiquérrima), Tracy mostra facilmente “o outro lado da moeda”. Em seu perfil de Harvard, ela afirma ter origem humilde e diz ter aprendido muito com isso. “A experiência que adquiri no período que trabalhei na fazenda da minha família ajudou a gerenciar tanto atacado quanto varejo, além das vendas do negócios”, indica no texto com sua apresentação. Foi, por sinal, a sua experiência da fazenda que a ajudou a conquistar a sua vaga. Além do seu diploma, ela levou na entrevista um saco de milho e um punhado de tomates (!!!) como um presente para o famoso investidor, para enfatizar as raízes comuns dos dois, ambos do interior dos Estados Unidos.

Portanto o recado é: acompanhe a carreira desta brilhante mulher e inspire-se. No começo de 2013, Tracy veio para o Brasil ficar por dentro de como o mercado funciona. Ao que tudo indica, vêm investimentos bons por aí. Para saber mais informações, veja a matéria que o New York Times publicou sobre a carreira da jovem americana. Ela sabe bem o que quer. “Meu objetivo é trabalhar com um grande investidor, que mais importante ainda é um professor maravilhoso e mentor”, disse ao jornal.

Em quais mulheres você se inspira?

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close