Nada de pânico: Tesouro Direto ainda é boa opção de investimento

Nada de pânico: Tesouro Direto ainda é boa opção de investimento

“Não priemos cânico!”

Nos últimos dias, tenho recebido inúmeros e-mails e mensagens de mulheres que andam preocupadíssimas com seus investimentos em Tesouro Direto. O Brasil, que parecia andar bem com a recuperação econômica, foi abalado pela delação da JBS. Volta a crise política a mil, com direito a um tombo enorme nas ações brasileiras (o maior desde a crise de 2008) e nos preços dos títulos públicos.

Quem investe na Bolsa sabe bem os riscos que corre. As ações da JBS, por exemplo, chegaram a perder mais da metade do valor em poucos dias. Quem tinha no portfolio sentiu, com certeza, o impacto da queda no bolso. Por isso que digo que investimento em ações é para quem entende do assunto, estuda bastante e sabe onde está investindo.

No entanto, quem investe no Tesouro Direto não tem o que se preocupar. Eu já disse em diversas colunas e vídeos que os preços dos títulos do Tesouro Direto podem oscilar no dia a dia, mas se você esperar até a data de vencimento, vai receber exatamente o rendimento combinado (a variação do IPCA ou a taxa Selic do momento). Se você vende antes disso, pode ter um prejuízo. No entanto, quem esperar até o prazo de vencimento, não tem com o que se preocupar.

Os temores e rumores no mercado financeiro são frequentes. Você pode não se lembrar, mas há pouco mais de um ano, antes do impeachment de Dilma Rousseff, houve um boato de que ela daria um calote da dívida brasileira e que, assim, o Tesouro Direto iria quebrar. Não quebrou.

Da mesma forma, existia um medo de que o governo iria confiscar a poupança e que a caderneta não era segura. Não confiscou.

tesouro_direto_sem_panico_interno

Quem toma uma decisão de investimento no impulso, baseada no medo ou em um rumor, pode sim acabar se dando mal. Quem pesquisa, ouve especialistas e lê sobre o assunto corre um risco muito, mas muito menor.

Nestes últimos dias, só se fala de bitcoin. Recebi também uma série de e-mails de leitoras que não querem ficar de fora dessa. Contam de amigos quer triplicaram o valor investido em poucos dias. Pode parecer uma ótima ideia, mas espere um pouco antes de sair investindo rios de dinheiro.

O valor da bitcoin é estabelecido pela lei da oferta e demanda. Quanto maior a demanda, maior o preço. Pior: não é um investimento regulado e tem volatilidade muito maior do que as ações de empresas. Ou seja: o preço pode subir muito – e cair muito também. Se você der sorte, pode realmente ganhar muito. Mas se der azar, pode perder tudo. Ou seja: é especulação pura. Ai sim é para ter medo.

A verdade nua e crua é que você não vai ficar milionária com suas aplicações da noite para o dia. Os investimentos são uma forma de te ajudar a juntar dinheiro no longo prazo, protegida contra a inflação, e com um empurrãozinho dos juros compostos. Se você já investe no Tesouro Direto, saiba que não há com o que se preocupar. Se ainda não, este é um ótimo momento para começar: os títulos pós fixados (Tesouro IPCA+ e Selic) estão baratos e o IPCA+, especificamente, está com um rendimento excelente.

Cuidado com as manias (o bitcoin) e os rumores (a quebra do Tesouro Direto). Informe-se e invista sempre no longo prazo.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close