No Divã – “Não consigo me desligar do trabalho nas férias”

No Divã – “Não consigo me desligar do trabalho nas férias”

*Este texto foi originalmente publicado no Jogo de Damas

“Sinto que preciso tirar férias, mas quando saio da empresa minha cabeça continua lá e eu não relaxo, além de levar trabalho pra casa. Como eu faço pra desligar?”

É comum escutar de empreendedoras e executivas que é mais cansativo tirar férias do que seguir trabalhando. O desgaste de organizar as atividades para o período de ausência e a dificuldade de esquecer do trabalho acabam transformando o recesso em estresse. Boas férias, no entanto, são fundamentais para a saúde, a criatividade e a produtividade.

Já pensou que você pode estar um pouco insegura? Antes de mais nada, vai lá, é difícil aceitar, mas tente:ninguém é insubstituível na empresa. As coisas que você faz, outras pessoas também podem fazer – talvez não do mesmo jeito, mas a sua forma de lidar com o trabalho não é a única que deve estar certa. Centralização, ansiedade e autoexigência exagerada são as principais causas para não conseguir desligar.

Ter um sucessor ou substituto, alguém a quem delegar atividades e decisões, é uma medida útil não apenas para tirar férias. A descentralização de responsabilidades faz bem para a dinâmica corporativa e previne situações inevitáveis que impedem sua presença, como problemas de saúde e viagens de negócios. Ninguém quer ficar doente, mas tem coisa pior que ficar doente e preocupada com o trabalho?

dicas para descansar nas férias

Não adianta esperar pela hora certa de tirar uma folga: ela nunca vai chegar! Se 30 dias sequenciais são um período muito longo para ficar longe, divida o descanso em duas partes. Avalie quais as épocas de “baixa” no empreendimento, aqueles em que sua presença fará menor falta.

Com bastante antecedência, identifique alguém de confiança para substituí-la durante o período, assumindo as tarefas que não podem ser adiantadas ou postergadas. Será preciso treinar e orientar esse colega durante o ano para que ele esteja apto e tenha autonomia para suprir sua ausência.

Para fazer tudo dar certo, planeje, planeje, planeje: não deixe para a última hora atividades difíceis ou trabalhosas, como contratação de pessoal ou implantação de novos projetos, nem leve trabalho para casa. É uma ilusão achar que nenhum assunto de trabalho irá interferir nas suas férias, principalmente se você é a dona da empresa; mas explique à equipe que você deve ser acionada somente em casos específicos (deixe bem claro quais são eles!).

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close