O mercado de ações e a taxa de emolumento

O mercado de ações e a taxa de emolumento

Na hora de investir temos que ficar atentas a uma série de fatores. O principal deles é ter certeza do seu perfil e se ele combina com o investimento escolhido por você. Assim, prevê surpresas e faz escolhas mais certeiras.

Depois disso tem que prestar atenção no rendimento e quais serão as taxas cobradas. As mais comuns são a taxa de administração e pode ser que tenha que declarar no Imposto de Renda. Esteja certa de tudo isso antes de investir!

Se o seu investimento é a Bolsa de Valores, fique atenta especialmente com a rentabilidade das ações, saiba quais serão os impostos cobrados, o valor da taxa de corretagem e, principalmente, a de emolumentos.

Apesar do nome ser diferente a taxa de emolumentos é aquela que cobram para fazer as operações. Ou seja, durante a negociação na Bolsa algumas pessoas estarão dispostas a fazer o melhor para a sua aplicação. Em troca deste serviço você paga a taxa de emolumento.

Esses valores variam em cada instituição e de cada operação. Normalmente o valor gira em torno de 0,0055% e 0,027%. Por isso você deve ficar atenta para não pagar mais do que o necessário – o valor pode parecer pequeno, mas faz diferença para grandes volumes. Antes de acertar os últimos detalhes, procure mais informações e tire todas as suas dúvidas com seu consultor.

Quais são as taxas do seu investimento?

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close