O que estou fazendo com a minha carreira?

O que estou fazendo com a minha carreira?

Um dia mais desgastante que o outro, a convivência com o chefe cada vez mais difícil, mau humor, falta de perspectiva até que…o limite chega! Você acerta as suas contas e é hora de buscar um outro emprego. Mas ai vem a pergunta: o que você realmente quer neste momento?

As experiências ruins no antigo emprego não devem ser simplesmente esquecidas, muito pelo contrário. Faça um balanço de tudo que aconteceu de bom e ruim para que você possa amadurecer profissionalmente e ter um delineamento mais claro daquilo que precisa aperfeiçoar, o que aprendeu neste período e o que você não quer mais em sua carreira.

A perda de foco ao longo dos anos podem ser fruto de decisões impensadas na hora de definir os rumos profissionais. A ansiedade, a necessidade do salário para manter as contas em dia, as cobranças constantes por uma posição social fazem com que as pessoas tomem decisões antecipadas ou equivocadas.

Delinear o que quer

Sabemos o quanto é difícil buscar motivação quando estamos extremamente insatisfeitas em um emprego. Mas é preciso lutar contra isso, para assim ter energia suficiente para fazer um novo desenho profissional, um redirecionamento da carreira.

Antes de mais nada, encontre a resposta para a seguinte pergunta: o que realmente está lhe deixando insatisfeita? É a cultura da empresa? É o ambiente de trabalho? São as suas funções? Enfim, uma série de possibilidades pode surgir aqui para fundamentar a sua insatisfação.

Ciente do que você não quer, ficará mais fácil decidir qual caminho seguir, que tipo de emprego procurar. É melhor ter essas reflexões amadurecidas antes de pedir demissão para que você tenha seu foco bem definido na hora de procurar por outro lugar, e não se deixe levar pela ansiedade de pegar um outro emprego que não tem nada a ver com você.

Quando as pessoas dizem que tempo é dinheiro, em geral, a reflexão tende a ser voltada só para o acúmulo de dinheiro em si, quando na verdade o ideal seria pensar melhor sobre o aproveitamento do tempo que temos. Quando você passa anos em um emprego que não lhe agrada, também está perdendo tempo, por mais que tenha seu salário garantido ao fim do mês. É o tempo que você poderia usar para investir de verdade em sua carreira, fazendo o que tem talento e realmente quer.

como escolher os caminhos da carreira

Colocando cada coisa em seu lugar

A esse ponto você deve estar pensando “ah, mas nem sempre a oportunidade que eu espero vai aparecer bem na hora em que eu preciso”. Claro que sabemos disso, mas a questão não é fazer com que oportunidades maravilhosas surjam de uma hora para a outra, é descobrir o caminho para chegar onde você quer.

Se você não tiver um fundo de emergência para bancar suas despesas no período em que estiver desempregada, é possível que tenha que trabalhar em algo temporário. O importante é que você realmente encare esse período como algo momentâneo e continue buscando a oportunidade de emprego que condiz com sua carreira. Não deixe de fazer contatos, encaminhar currículos, portfólios, faça trabalhos como freelancer, enfim, o que não pode é acomodar-se!

Por último, porém não menos importante, seja muito verdadeira em suas reflexões sobre o que você realmente quer para sua carreira. Muitas vezes acabamos nos enganando e acreditamos que o que desejamos, na verdade, é o que os outros esperam de nós. Nas reuniões de família tem sempre aquele parente que vai passar horas gabando-se do filho-de-não-sei-quem que tornou-se um médico/advogado/(coloque aqui uma profissão glamourosa). As vezes você mesma vai olhar para amigos que estão com uma carreira em ascensão e vai desejar seguir os mesmos passos.

A questão é que a definição de sucesso é muito individual. Há quem ganhe uma fortuna trabalhando praticamente 24/7 e fique rico rapidamente, mas nem por isso é feliz. Há quem faça o mesmo e realmente considere-se feliz. Por outro lado, sucesso para uma outra pessoa pode ser ganhar menos trabalhando como autônoma, mas com mais tempo para aproveitar com filhos, amigos, etc. Então, busque o seu sucesso, esqueça os conceitos que outras pessoas criaram para essa palavra!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close