Meu Dinheiro

O Que Vale Mais a Pena: Comprar ou Alugar?

24.06.2016

O Que Vale Mais a Pena: Comprar ou Alugar?

Meu Dinheiro

24.06.2016

O Que Vale Mais a Pena: Comprar ou Alugar?

Meu Dinheiro

Você que está procurando uma casa nova, com certeza já parou para pensar no que vale mais a pena: comprar ou alugar. Para ajudar você resolver esta dúvida, o Finanças Femininas conversou com o consultor da FGV Fausto Morey, que preparou uma planilha feita especialmente para encontrar a melhor alternativa em cada caso. Quer saber o que é melhor para você? Então confira o nosso bate-papo com ele e confira o passo-a-passo para usar esta super ferramenta!

“Imóvel para morar não é um objeto de negócio, mas você também não pode jogar dinheiro fora”, defende Fausto. Segundo ele, a escolha entre um financiamento de uma casa nova e o aluguel depende apenas da sua capacidade de poupança. “Se você não consegue poupar, faz mais sentido você comprar um apartamento, pois assim você é ‘forçado’ a guardar dinheiro para pagar as prestações”, explica ele. “Não é só uma questão de comprar ou alugar, e sim de parcimônia do comprador”.

No caso do aluguel, Fausto considera que o valor gasto deve ser equivalente a 0,6% do valor da casa ou apartamento. Se a casa que você estiver de olho valer R$ 100.000, por exemplo, o aluguel deverá ficar em torno de R$ 541. Se você for comprar, a recomendação de quem é entende é de que você não deve comprometer mais do que 30% da sua renda total (líquida).

A gente entende que tem outros fatores por trás dessa decisão, como o desejo de ter uma casa própria, por exemplo, mas vocês não devem fazer esta escolha sem ao menos entender o que ela representa. Para isso, você pode usar a planilha e ver na tela a melhor opção para você – ao menos em termos de dinheiro!

1. A planilha se refere a um prazo de doze anos, referente ao tempo de obra, estimado em 24 meses até a entrega das chaves da casa nova, e 10 anos de financiamento. Todo o cálculo é feito pensando em dez anos de pagamento de prestações.

2. Você começa olhando as finanças do casal. Insira o seu salário e o do seu cônjuge (vale marido, namorado, mulher, amiga, gato, cachorro…), o quanto vocês possuem juntos no FGTS e o saldo da poupança nos campos indicados. Na sequência, insira também o porcentual que vocês costumam poupar no dia a dia – este valor será importante para você poder avaliar a sua capacidade de pagar um financiamento. Se você não sabe o valor exato, pode ver no campo de baixo o quanto aquele porcentual significa na vida de vocês.

3. Na caixa de dados da compra, você coloca o valor do imóvel que você está de olho (ou o valor que você estaria disposta a gastar neste momento). É com base no valor desta casa ou apartamento que a planilha calcula o gasto mensal previsto com aluguel, lá embaixo nos resultados. Este vai ser o valor de aluguel que você vai levar em conta na hora de fazer a comparação.

4. Em seguida, você insere o porcentual de entrada que você daria naquele imóvel. De novo, se você não sabe o porcentual, o campo abaixo indica exatamento o quanto aquele porcentual significa.

5. Agora é correr pro abraço! Na parte de resultados, você descobre o valor da prestação de financiamento que iria pagar, o aluguel e se vale mesmo mais a pena comprar ou alugar!

O que você achou? No seu caso, valia mais comprar ou alugar? Ficou alguma dúvida? Conte para a gente nos comentários!

 

>> Para baixar a ferramenta: preencha o cadastro e você irá receber o link para download no seu e-mail.
Para abrir o arquivo, certifique-se que você possua um programa que leia arquivos em formato .xlsx (como o Excel, por exemplo).

close