Organize sua declaração de Imposto de Renda com antecedência

Organize sua declaração de Imposto de Renda com antecedência

O sufoco de janeiro e seu excesso de contas já passou, mas em breve será preciso preparar-se para uma nova obrigação, desta vez um pouco mais burocrática: a declaração do Imposto de Renda para Pessoas Físicas (IRPF). O programa gerador da declaração só ficará disponível no site da Receita Federal no final de fevereiro, sendo que as contribuintes têm até o dia 30 de abril para entregar a declaração. Por mais que o prazo seja longo, já é possível colocar algumas despesas em ordem para facilitar o processo.

Por mais que façamos a declaração do IRPF anualmente, existem alguns pontos que sempre geram dúvidas. Por isso mesmo, o mestre em contabilidade e sócio do grupo TG&C – Trevisan Gestão e Consultoria, Vagner Jaime Rodrigues, esclarece algumas questões para nós!

Educação

Para quem vai fazer a declaração de Imposto de Renda pela primeira vez, é importante saber que algumas despesas relacionadas à educação podem ser deduzidas da declaração. Por pessoa, o limite máximo é de R$ 3.230,46. Vale ressaltar também os tipos de despesas que podem ser deduzidas. São elas: educação infantil, ensinos fundamental e médio, educação superior (incluindo graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado), cursos profissionalizantes e algumas despesas extras, como uniforme, material escolar e aulas de reforço.

No entanto, existem outros gastos que estão ligados à educação que não são passíveis de dedução, conforme explica o especialista. “Ensino preparatório para vestibular, bem como idiomas, informática, natação, ginástica, canto, instrumentos musicais e demais artes estão fora de dedução”.

Saúde

Ao contrário da educação, a boa notícia aqui é que não há limite de valor para dedução. Por isso mesmo o especialista reforça a importância de ter todas as despesas relacionadas a isso bem discriminadas. Sendo assim, despesas com dentista, fisioterapeuta, psicólogo/psiquiatra, plano de saúde, fonoaudiólogo e cirurgião plástico podem ser deduzidas.

“É de fundamental importância guardar todos os comprovantes de pagamento, uma vez que descuidos na declaração deste item podem levar contribuintes à malha fina”, alerta Rodrigues.

imposto_de_renda

Pensão alimentícia

A pensão alimentícia também deve ser incluída na declaração, mas somente se o pagamento tiver sido determinado por ordem judicial, acordo homologado judicialmente ou em função de separação ou divórcio. É importante ressaltar estes pontos porque acordos firmados informalmente não têm validade para efeitos de declaração de imposto de renda.

Previdência privada e doações

Esses dois itens são bem importantes, pois implicam em pagamento menor e benefícios para a declarante. No caso da previdência privada, além do recurso ser importante para garantir uma aposentadoria que não dependa exclusivamente do INSS, ela ajuda a amenizar o imposto a ser pago. No caso da previdência no modelo PGBL, é possível deduzir até 12% dos rendimentos tributáveis.

Quanto à doações, o princípio é o mesmo, mas vale lembrar que as deduções valem para contribuições ligadas ao Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), Incentivo à Cultura, Incentivo à Atividade Audiovisual, Incentivo ao Desporto, Estatuto do Idoso, Incentivo ao Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência e Incentivo ao Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica. “Não são válidas as doações efetuadas diretamente a entidades assistenciais, e sim aos fundos controlados pelas entidades e programas citados”, reforça Rodrigues.

Com toda a sua documentação organizada, fica mais fácil evitar transtornos com a malha fina, economiza tempo e ainda consegue atenuar alguns impostos, com as deduções que são permitidas. Fique atenta e não deixe sua declaração para a última hora!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close