Os cuidados com o consumo no fim do ano

Os cuidados com o consumo no fim do ano

*Renata Malta Vilas-Bôas

Dezembro chegou e com ele a vontade de comprar presentes para a família inteira, comemorar, passear… Afinal … é Natal! Contudo, mesmo nesse momento festivo precisamos ficar atentos as compras que estamos fazendo para que nossa festa não se transforme em um verdadeiro filme de terror.

Quando falamos de compras, estamos falando em relação de consumo e o consumidor precisa ficar atento a vários detalhes. Vejamos alguns pontos que precisam ser levados em consideração:

O primeiro aspecto refere-se à troca do produto. Esse ponto é essencial, pois a previsão do Código de Defesa do Consumidor é que o consumidor somente poderá desistir do produto adquirido no prazo de 7 dias do recebimento quando a compra foi realizada fora do estabelecimento comercial, ou seja, pela internet, pelo telefone. Isso significa que se você fizer a compra no estabelecimento comercial, ou seja, for até a loja e adquirir o produto, você não terá o direito de troca desse produto, ao não ser que ele apresente algum problema. Assim, se você comprar um presente – uma blusa, por exemplo, que ficou menor ou que a cor não agradou o presenteado – este não tem o direito de trocar esse presente, pelo simples fato de não ter gostado. Por outro lado, algumas lojas, estão permitindo que isso ocorra, e nesse caso recomenda-se que tenha alguma informação escrita, como um carimbo com o prazo de troca, por exemplo.

Continue a ler a matéria na próxima página!

Outro aspecto importante refere-se à qualidade do produto, principalmente quando estamos falando de presente para as crianças. É importante verificar a procedência do produto e se ele apresenta o selo do INMETRO. Alguns brinquedos, num passado não tão distante assim, vinham com uma tinta extremamente tóxica, um risco enorme para a saúde das crianças.

Ainda com relação às crianças faz-se necessário ficar atento à faixa etária do brinquedo para presentear na idade correspondente. Brinquedos fora da faixa etária podem trazer problemas. Para menores de 3 anos, brinquedos com peças pequenas, que a criança pode levar a boca e engolir as peças.

Quando trata-se de presentear, existem muitas pessoas que gostaríamos de brindar com um presente, com uma lembrancinha, contudo, faz-se necessário verificar se é possível presentear sem precisar cair no endividamento e passar o resto do ano de 2016 lembrando do natal de 2015.

Natal é tempo também de viajar, nesse caso, fique atento às bagagens despachadas, se elas não retornarem na forma como foram entregues, não saia do aeroporto antes de comunicar o ocorrido. Extravio de bagagem também é caso de comunicação e nesse caso iremos falar em danos morais e materiais. Até mesmo receber a mala depois de um certo tempo. Você chegou no destino e a mala somente apareceu, no dia seguinte, por exemplo, também é caso de indenização, tanto de danos morais quanto de danos materiais.

festas-fim-de-ano

Continue a ler a matéria na próxima página!

Chegando ao destino verifique se aquilo que foi pactuado corresponde à realidade. Se isso não ocorrer então é necessário acionar a sua operadora, ou pedir abatimento do preço do hotel ou devolução do dinheiro integral – dependendo do caso.

Mas antes de embarcar para qualquer lugar, recomenda-se que o consumidor fique atento, entre em sites como o Reclame Aqui e o site do Procon da localidade onde irá viajar. Pergunte aos amigos se conhecem aquele hotel, aquela localidade, tenham referências antes de adquirir o produto.

Nessa época também precisamos pensar no material escolar das crianças, aproveite o Décimo Terceiro para comprar os livros e cadernos das crianças, use o dinheiro novo no estoque antigo, pois em janeiro provavelmente os preços serão mais altos.

Fique atento à lista de material escolar, pois não podem ser inseridos produtos que são de uso geral como álcool, papel higiênico, detergente, e outros dessa espécie. Com relação ao material de uso coletivo esse deverá estar vinculado às atividades que as crianças irão realizar, e não de forma aleatória. A escola também não pode exigir determinada marca ou que o produto seja adquirido em determinado estabelecimento, caso isso ocorra entre em contato com o Procon de sua cidade.

Desejo a todos um Feliz Natal e um ano novo repleto de novas conquistas!

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Renata Vilas-Bôas

Renata Vilas-Bôas

Direito da Mulher

close